O Círculo Strigoi desde 2006 é um grupo de elite autônomo e soberano, que oferece informação, treinamento e irmandade para pessoas que apreciam a vastidão nomeada de “Cosmovisão Vampyrica”. No ano de 2010 integramos formalmente aos nossos caminhos a sabedoria, a fundamentação e o legado da mais tradicional dinastia espiritual norte-americana conhecida como Sahjaza, fundada ainda nos anos setenta.

Não existe nada próximo e sequer parecido com o que somos.

 

Quando dizemos “assim iniciamos” estamos informando como vamos co-criar novas realidades, potencializar, dignificar, depreciar ou estagnar incontáveis têmperas e rumos ao longo do manto negro noturno – colhendo as bençãos, maldições (até se tornarem lições) e abraçando as consequências inexoráveis destes atos como extensão daquilo que realizamos…nossos feitos, nossa imortalidade e residência perene.

Entre nossos principais valores estão a beleza, a singularidade, a fluidez, a honra e o dionisiaco.

 

Somos politeístas, acreditamos que o tecido da realidade em toda sua ramificação é composto por incontáveis miríades que existem em constante processo de ajustamento e desenvolvimento – espelho e sombra de algo ainda mais vasto – cujo as relações, movimentos e as transmutações dentro de seus próprios contextos foram mapeadas ao longo da história humana desde a antiguidade clássica nas incontáveis tribos que se tornaram impérios e que se tornaram sonhos e mistérios a serem espreitados e vivenciados.

Através de seus relatos em mitos, ritos, artes, danças e outros – provamos do “Sangue” – assim podemos integrar, vivenciar, empoderar e criar em nossas vidas determinados valores, certo espírito, fractais de nossas têmperas e algumas sabedorias inerentes que estão demasiadamente em falta nos tempos contemporâneos.

Eis aí as bases metafisicas de cristalizarmos sonhos na carne – vivendo aquilo que almejamos e guardando lembranças do que provamos – nos abstendo e desfazendo os males das idealizações, dogmas, conformismos, superficialidade e outras barbáries que levam ao fundamentalismo e fanatismo.

Não somos nenhum tipo de religião e repudiamos cultos e gurus de todos os tipos

 

Repudiamos qualquer ideologia que roube as pessoas da sua própria vivência daquilo que carrega em si. Administramos e desenvolvemos um ofício, multidisciplinar a sua própria maneira e pré-moderno em sua abordagem.

Não dependemos de crença e tampouco de fé para nossos atos e feitos. O pudor e a justa medida vem das escolhas de vida de cada um, expressão do sagrado quando feitas com transparência e o devido lastro, receita própria que em alguns pode se tornar ainda mais refulgente com o desenvolvimento pessoal nas artes e ofícios compartilhados em nosso Círculo Strigoi.

Nossa órbita externa é acessível a todos que sentem afinidade e pertencimento. Outros graus apenas com a convivência, lealdade e desenvolvimento.

 

Assim como o vinho aprendemos que há aqueles e aquelas que são abençoados com um espírito caçador e um coração feral – oferecemos o espaço, a irmandade, o aprendizado, as armas e as ferramentas para seu desenvolvimento em nossos ritos e encontros. Nesta trilha que leva 5 anos, alguns irão se desenvolver e tornarem-se mais habilidosos e outros irão tombar – nos dois casos por suas próprias escolhas e mapas de realidade.

Oramos pelos fracos, rezamos pelos mansos.

Rito de Paranapiacaba, Alexandre Nakagawa


Foto: Alexandre Nakagawa


Foto: Alexandre Nakagawa


Foto: Alexandre Nakagawa


Registro de Alexandre Nakagawa, 2012


Foto: Alexandre Nakagawa

Iniciamos publicamente nossas atividades em Maaiah na primeira metade do mês de março do ano de 2006, com o trabalho pioneiro, audacioso e autônomo do nosso Patriarca-Fundador Lord A:. (Axikerzus Sahjaza). Seus enlaces e primeiros passos se iniciaram ainda dez anos antes deste momento e são detalhados na obra “Mistérios Vampyricos, A Arte do Vampyrismo Contemporâneo” pela Madras Editora.


Em outubro de 2006 demos início as nossas atividades públicas e iniciamos com a alcunha de “Officina Vampyrica” mantendo “Círculo Strigoi” como o nome velado desta sociedade. Existe um terceiro nome que não é revelado publicamente e permanece acessível apenas aos membros internos. No final deste mesmo ano estabelecemos os primeiros cursos-livres e os primeiros encontros do treinamento para aspirantes ao nosso circulo interno, no antigo espaço esotérico Sabedoria Mística, lá nas proximidades do bairro de Santana em São Paulo.

Foi um período muito especial e com histórias inesquecíveis, ainda recordadas em nossos encontros dos integrantes mais velhos. Assim iniciamos, nos box abaixo prosseguimos a retrospectiva destes 10 anos de atividade do Círculo Strigoi.

2007

 Durante os primeiros meses do ano de 2007 realizamos nossos ritos sazonais e encontros nos arredores de São Paulo em espaço velado contactado por uma de nossas integrantes. Na segunda metade do ano, iniciamos uma turma semanal na Universidade Holística Casa de Bruxa em Santo André. E também realizamos nossas primeiras incursões e participações em conferências relativas ao Neopaganismo e também ao meio holístico – estivemos em várias edições da conferência anual C.W.E.D organizada por Claudiney Prieto e tradição Nemorensis e também nos Encontros de Bruxas e Magos de Paranapiacaba de Tânia Gori e Casa de Bruxa desde então – sempre conduzindo atividades com temas atraentes e de cunho fronteiriço com outras linhagens tais como a bruxaria, druidismo, xamanismo e sagrado feminino. Um meio de mantermos uma ponte e uma troca de informações fluída e horizontalizada com pessoas afins.


2008

 No ano de 2008 firmamos presença em solo acolhedor, que nos recebeu e desde então o batizamos sob a alcunha de “Templo de Afrodísia” e firmamos nossos encontros quinzenais e mensais por lá até o ano de 2013 – quando o espaço encerrou atividades e se dedicou a uma nova proposta. Ainda em 2008 mantivemos nossa representatividade em diversos espaços culturais e holísticos com palestras e novas turmas para formação em nosso circulo, entre eles estivemos na Cirandda da Lua (espaço de desenvolvimento humano), Templo de Bruxas, Viver Alternativo, Espaço Faces da Lua (Caieras) e muitos outros. Além disso, realizarmos nossos primeiros rituais coletivos em espaço aberto (em chácaras reservadas e alugadas) e estabelecemos muitas parcerias duradouras.


2009

 Já no ano de 2009 além da formação das novas turmas, palestras sobre temas específicos, realizamos diversas conferências online, encontros abertos a comunidade versando sobre temas introdutórios e de interesse vampyrico. Foi uma ano de grande reconhecimento que contou com uma palestra no auditório da Livraria Cultura ao lado do jornalista Sérgio Pereira Couto (autor de Sociedades Secretas);Nas proximidades do Strighezzo dos Ídos (Novembro), revolucionamos uma vez mais e iniciamos o ciclo aberto Introdução ao Vampyrismo que oferecia a possibilidade de conhecer, vivenciar e ser apresentado ao repertório da Cosmovisão Vampyrica em uma órbita mais branda e acessível.”Aqueles que fossem da Noite e do Sangue” rapidamente se enturmaram e foram guiados até nós desde então pelos bons ventos noturnos. Também pudemos oferecer alguma instrução e vivências que auxiliaram muitos outros a encontrarem seus caminhos e sendas, sempre com muita transparência, boas trocas informativas e muito caráter em todas nossas relações.

2010

 Em 2010 escolhemos tornar público nosso nome velado de Circulo Strigoi, pois os objetivos iniciais de Officina Vampyrica em formar um núcleo interno com integrantes sêniors, uma roda do ano própria e sintonizada com o ecossistema local e um repertório e ferramentaria de práticas já haviam sido elaborados e afirmados com bastante êxito. Chegamos em um ponto de desenvolvimento que deixamos o que pessoas externas ao meio considerariam somente um conjunto de “cursos” frequentado por “Vamps” e Simpatizantes que os apreciavam e nos tornamos algo mais amplo (ainda coerente e conecto com nossoas propostas e identidade):Somos um Circulo de Vampyras, Vampyros e Simpatizantes com sua própria trilha, fundamentada e estabelecida baseada na prática constante e coerente com o ecossistema local e as especificidades da cultura latina – alinhavado ao manancial vermelho de informações herdadas pelos nossos enlaces familiares com a Dinastia Sahjaza.

Ainda em junho de 2010 nosso líder e fundador Círculo Strigoi, Lord A:., completou cinco anos de envolvimento formal, aprendizado, parceria e irmandade com a primeira dinastia Vampyrica mundial a House Sahjaza e foi nomeado como Elder de Temple Sahjaza e ainda Elder da linhagem Sahjaza-Brazil, titulos que vêm a serem reconhecido pela Matriarca e o Alto Conselho da House/Temple Sahjaza e conferem como sua descêndencia e continuidade Brasileira.Deste modo, cada integrante do Círculo Strigoi, que mantenha uma conduta valorosa, digna e ilibada, no começo de sua quarta roda do ano pode solicitar sua ordália para aprovação como descendente desta linhagem transregional e saborear de todos os seus benefícios e responsabilidades – que não são poucas e demandam sabedoria e uma equilibrada dose de paciência e de audácia – invísivel arte-sem-nome…que por comodidade chamamos como “Strigoi”…ou ainda de Cosmovisão Vampyrica.


2011

 No começo do ano de 2011 estreamos nosso “novo site oficial”, após um hiato de uma roda-do-ano de representação formal de nossos conteúdos na internet. Em maio iniciamos mais uma turma de neófitos e reunindo ainda antigos integrantes que nos visitavam periódicamente. Contamos com a visita de autores e pesquisadores em nossas reuniões como Marcos Torrigo do livro Vampiro Rituais de Sangue (ed.Madras) e do Vampiro Mitos, Origens e Mistérios(Ed.Idéia). Nossos encontros também contaram com a visita de cantores, artistas e da fundadora do Dia dos Vampiros Liz Vamp. Novas turmas e novos caminhantes se juntaram a trilha e assim a roda do ano girou uma vez mais…com novas graduações e responsabilidades sendo compartilhadas entre aqueles que se juntavam a escuderia e ao círculo interno. Outro bom momento foi a abertura do trabalho rúnico e da ancestralidade nórdica, que vinha sendo veladamente desenvolvido há anos sob as influências dos escritos de Johanes Bureus e muitos outros.


2012

 Em 2012 escolhemos na primeira metade do ano manter o Círculo Strigoi apenas em atividade para quem já estava trilhando o caminho – desde os novatos aos integrantes seniôrs.Foi um tempo de recolhimento, aprofundamento, empoderamento e fortificação.Com este intuíto Lord A:. abriu para o Círculo Interno e a Escuderia as dependências do Solo Sagrado Strigoi (um projeto velado e particular cultivado desde 1997) no recém-fundado Halo Amantkir que compreende as Montanhas e arredóres da Serra da Mantiqueira. Enquanto o Círculo Strigoi mantinha suas atividades em Halo Antares no recanto conhecido como “Morada dos Faunos”, instituímos algumas atividades abertas como o passeio cultural “São Paulo Maldita” e o “Encontro do Tarô dos VampiroS” agora radicado no Parque do Ibirapuera. Outro grande momento foi a celebração aberta do rito Honra, Caráter e Fogo Estelar durante o Encontro de Bruxas e Magos de Paranapiacaba da Universidade Holística Casa de Bruxa.Nesta mesmo evento, no dia seguinte houve a palestra conjunta do pesquisador Marcos Torrigo e de Lord A;. sobre o “Vampiro na América Pré-Colombiana”.Também podemos citar a participação do Circulo Strigoi na primeira edição do evento Tarot Masters com uma vivência sobre a carta do “Enforcado” que contou com a participação do público e também dos convidados internacionais Marcus Katz, Thalia Goodwin & Rachel Pollak.

Na segunda metade do ano o Círculo Strigoi re-abriu suas atividades inicialmente para a Escuderia no Templo de Afrodísia e no mês de Outubro inicia uma nova turma de Neófitos.Também fomos agraciados pela visita da historiadora Andrezza Ferreira do livro História dos Vampiros (Ed.Madras).Ainda no decorrer deste ano o patriarca Lord A:. e sua consorte Srta.Xendra iniciaram dois eventos/festas para movimentarem o lado fashionista e lúdico da cena paulistana sendo o Carmilla e o Fangxtasy.Suas histórias, artistas, djs, expositores e lembranças podem ser alcançadas em seus respectivos sites no portal Rede Vamp.


2013

 Em 2013 assistimos o retorno ao Rakasha do Templo de Afrodisia com o encerramento de atividades do templo que nos abrigou desde o ano de 2008. Nossas atividades prosseguiram veladas para nossos integrantes na “Morada dos Faunos” na zona sul paulistana e no “Solo Sagrado Strigoi” nas montanhas de Halo Amantkir. Nossos encontros públicos aconteceram no encontro do Tarô dos Vampiros no mezzanino da loja Fake No More e atraiu inclusive a atenção dos principais tarólogos brasileiros como Roberto Calderia, Rubens Lacerda, Marcelo Del Debbio e da própria criadora deste deck a Barbara Moore – que participou de uma edição através de recursos de videoconferência. Também prosseguimos com o passeio cultural São Paulo Maldita e o rito Amor, Honra, Caráter e Fogo Estelar na Vila dos Ingleses. Ainda em Paranapiacaba na primavera deste mesmo ano estreamos o Sarau no Jardim de Perséfone sob os auspícios de Srta Xendra Sahjaza e integrantes do Circulo Strigoi. O final do mês de outubro marcou os preparativos para a revisão final da obra Mistérios Vampyricos. Foi um ano de continuidade dos diversos eventos e projetos. Em nossos ritos alcançamos a habilidade e o companheirismo – em algumas ancestralidades – requeridos espiritualmente para ativarmos as zonas de poder e do “Sangue” que nos permitiu abranger e alcançar uma lapidação pessoal ainda mais efetiva e contínua para todos os nossos integrantes. Celebramos 10 anos de Cena/Subcultura Vamp no Brasil. Outro ponto relevante deste ano foi a consolidação e atribuições destinadas aos integrantes da cavalaria do Círculo Interno no Solo Sagrado Strigoi: Chris M. & Vincent Sahjaza. Bem como a elevação da primeira sacerdotisa do Círculo Strigoi: Srta Xendra Sahjaza.

2014

 Em 2014 nossas atividades prosseguiram de forma velada mas com o diferencial que estabelecemos uma sala no espaço Mystic Mall próximo ao metrô Vila Madalena para encontros semi públicos e instruções teóricas dos neófitos. Outra parte do ano foi ocupada pelas revisões e acréscimos a obra Mistérios Vampyricos, que nos colocou em contato com alguns monges romenos da igreja ortodoxa – o que ampliou nossa compreensão da espiritualidade romena e de fatos históricos pouco conhecidos sobre muitos dos temas associados por comodidade ao vampirismo. O ano também foi marcado pela aproximação e correspondência com os vamps de Londres, uma cena cultural considerada pouco acessível por nossos pares norte-americanos. Esta troca de conteúdos aprimorou e lapidou ainda mais nosso Círculo Strigoi e seus conteúdos e ritualísticas. A segunda metade do ano foi marcada pelo lançamento da obra “Mistérios Vampyricos A arte do Vampyrismo Contemporâneo” na Bienal do Livro de SP e incontáveis noites e tardes de autógrafos e palestras sobre seus conteúdos. Ao final do ano participamos do Dia do Orgulho Pagão e ainda com uma palestra na Mystic Fair, o maior evento do gênero da América do Sul.

2015

Depois de 9 anos da nossa fundação lançamos a pedra fundamental do projeto “SLVN: Sob o Longo Véu Negro” inicialmente como um site da REDE VAMP para cadastrar afins e do “Sangue” interessados em desenvolverem o contexto Vamp nas cidades e regiões onde moram.O plano prevê nosso apoio com o fornecimento de conteúdos exclusivos e videoconferência.Também ao longo do ano estivemos no Rio de Janeiro, na edição da Mystic Fair onde conhecemos muitos leitores de Mistérios Vampyricos, ouvintes do Vox Vampyrica e demos início a formação de um núcleo local; assim como nossa visita a cidade de Brasília e o reencontro com afins.Outro marco do ano de 2015 foi o processo de desenvolvimento do nosso E.A.D (sistema de ensino a distância) para encontradores e neófitos que assim podem aprimorar seu aprendizado de onde quer que estejam e participando de ritos e vivências na sua própria disponibilidade de tempo.Também celebramos o final da tiragem do livro “Mistérios Vampyricos” de nosso patriarca e assistimos a organização de um novo livro que dará continuidade ao seu trabalho. Também celebramos a nomeação histórica de Srta Xendra Sahjaza ao grau de High Elder – e de integrantes ativos do Círculo Interno a nomeação de Elder: Vincent, Chris, Khintarus e Lilith através de declaração formal e de carta-patente da grande matriarca e do conselho da dinastia Sahjaza norte-americano. Mais um capitulo, um ano concluído com êxito e com honrarias únicas conquistadas pelos integrantes do Círculo Strigoi primeira vez no Brasil e América do Sul.

2016

Iniciam as celebrações da primeira década de atividades do Círculo Strigoi no mês de março.


Desde nosso estabelecimento, o Circulo Strigoi se posiciona como uma potência autônoma, independente, pioneira e soberana reconhecida pelas próprias conquistas, tempo de existência initerrupto, influência cultural e trabalho sério em território nacional e em países latinos da América do Sul, Portugal e Espanha.Tal escudo e estandarte se deve ao nosso “Sangue” abençoado pelas Deusas e Deuses, nossa inspiração, expressão e atitude que inspiram, reforçam e nos mantêm unidos a todos nossos integrantes – nosso verdadeiro tesouro oculto – na longa cavalgada noturna, até o final de nossas-noites-sobre-a-terra.Que esperamos que demore bastante…


No exterior contamos com o reconhecimento de importantes meios-sociais Vampyricos – e da primeira sociedade vamp norte-americana da história, fundada nos anos de 1970, atualmente conhecida como House Sahjaza, que assim iniciou o que hoje denominamos como a vertente da Cosmovisão Vampyrica no hemisfério norte. Nós aqui no Circulo Strigoi temos o valor, a gratidão e o forte pulsar no coração de sabermos que assim iniciamos a todo este ciclo vampyrico no hemisfério sul.Este é o começo e nossa contribuição para a incessante espiral da “Vida”, da qual somos apenas máscaras, semeamos esta frondosa árvore, mas não viveremos para descansar a sua sombra…Que aqueles que vierem durante nossa existência ou depois, possam sentirem e aprenderem com as trilhas que desbravamos e amplia-las até o fim-de-suas-noites!


Registro de Alexandre Nakagawa


Foto de SweetNightmare


Foto:SweetNightmare


Arquivo do Circulo Strigoi


Registro SweetNightMare

Otermo “Halo” (aura ou radiância) é utilizado para designar uma grande região geográfica de atividades fashionistas e de cosmovisão”Vamp” nomeado pelo seu integrante mais antigo ou que mais desenvolveu sua região. O Halo por natureza não designa nenhuma posição hierárquica, de organização ou afins, sendo meramente um título designado para retratar melhor suas atividades. Cada Halo tem seu nome escolhido baseado em características geográficas, históricas, culturais e peculiares que possam retratar melhor sua região.

Os mais conhecidos da cena européia, são Albion (Reino unido e comprime os arredores de Londres), Black Forest (Sudeste da Alemanha, mas não inclui a Bavária), Thrumanti( Oeste da Alemanha) e Xion (Holanda e os Flandres). Na américa do Norte os mais conhecidos são: Gotham (Nova York e Westchester), Angel ( A cidade de Los Angeles) e Morte (Novas Orleans), Lutetia (Paris).Na América do Sul existe o Halo Antares que compreende São Paulo e adjacências desde 2004 e agora Halo Amantkir(2012). Nota, existem muitos outros pelo mundo afora, os citados aqui são meramente um exemplo.Nossa inspiração vem do “Halo Apalachias” mencionado em publicações Vamps posteriores a 2008 – que reune cidades e adjacências da cordilheira montanhosa dos EUA.

HALO ANTARES

O mais antigo “Halo” Sul Americano e Brasileiro foi estabelecido em 2004 e compreende a cidade de São Paulo e seus arredores (ABCD Paulista e incluindo a Vila dos Ingleses de Paranapiacaba, desde 2006 por conta do encontro e do rito anual lá celebrado desde então). VISITE O SITE OFICIAL

HALO AMANTKIR

Compreende a região da Serra da Mantiqueira e do Vale do Paraíba no Estado de São Paulo, abrangendo Vamps e Simpatizantes de toda a região desde o ano de 2012 é também a sede do Solo Sagrado Strigoi e seu refúgio, no alto das montanhas de Campos do Jordão. VISITE O SITE OFICIAL

 

Registro de Alexandre Nakagawa, 2012

Na imagem um dos registros do Rito Anual Amor, Honra, Carater e Fogo Estelar celebrado publicamente na Vila dos Ingleses, Paranapiacaba durante os festejos da Convenção de Bruxas e Magos de Paranapiacaba; um rito aberto que reune vamps e simpatizantes do Brasil, América do Sul e Portugal.

. . .

Um dos primeiros textos publicados no extinto site “Vampyrismo” contava sobre os ritos de casamento Vampyrico que aconteciam nos Estados Unidos e em outros países, enfatizando o popular “Blood and Roses” celebrado na O.S.V. Depois de alguns anos viemos a saber que este rito já tinha raízes e inspirações muito anteriores e era praticado abertamente ao redor do mundo. As versões mais antigas vinham da Dinastia Sahjaza e muito deste material foi replicado ao longo dos anos por outros agrupamentos.Nossa inspiração para este rito – que é único e muito especial – provêm de cerimoniais de matrimônios da antiguidade e de bases e fundamentos que foram se desenvolvendo e frutificando ao longo dos anos no chamado”Templo de Afrodisía”.

Atualmente o Rito de Casamento Vampyrico do Circulo Strigoi pode ser celebrado por nosso Patriarca e mais informações sobre esta linda cerimônia podem ser obtidas através do nosso email:[email protected]

As cerimônias, celebrações, rituais e vivências compartilhadas e líderadas pelo Círculo Strigoi dedicam-se a apreciação e vivência do chamado “Mysterium Tremendum” em cadas uma de suas expressões no ecossistema – não temos e tampouco cultivamos qualquer associação de nossas práticas com a chamadas “terapias holísticas” e suas vertentes – embora pessoas que visitem nossa sociedade eventualmente venham a descrever benefícios “terapêuticos” obtidos conosco. Cada um é cada um, neste sentido.

Nós do Círculo Strigoi vivemos nossos ritos e ortopraxia como o desenvolvimento de uma arte e um ofício a carregar as bençãos e as maldições de ambos os termos. Terapia é algo transitório e pequeno diante da Arte e do seu poder e alcance; logo desenvolvemos nossa Cosmovisão Vampyrica como arte e ofício. Preferimos que sejam nomeadas como Arte-sem-Nome ou ainda Ars Vampyrica.

O Círculo Strigoi mantêm uma consultoria para oferecer artes e serviços a apreciadores de nossa via e ainda três vertentes de acesso as nossas “Artes”, Ofícios, cerimônias, celebrações, rituais e vivências realizadas pelo Patriarca e integrantes Sêniors do Círculo Interno, são elas:


Consultoria: Normalmente realizada com o atendimento individual (online ou presencial) e a interpretação dos Arcanos do Tarô excelente no desenvolvimento de questões ligadas ao cotidiano e ao desenvolvimento espiritual.Você pode agendar sua consulta aqui neste link.


Abertas: São aquelas que realizamos como no evento Encontro de Bruxas e Magos de Paranapiacaba ou ainda em alguns workshops como aqueles que realizamos na CWED e mesmo na OSCIP-O Caminho e outros espaços que já visitamos nesta última década.O Encontro do Tarô dos VampiroS é um outro bom exemplo de celebração aberta; palestras e conferências com Lord A:. também se incluem neste caso. Você pode acompanhar a programação delas no site da VAMP TOWER.


Semi-públicas: São aquelas que os participantes devem se inscrever com antecedência. Aqui temos a celebração dos Strighezzos e a maior parte dos cursos e workshops compartilhados no site da VAMP TOWER, As celebrações dos chamados Strighezzos tem um caráter semi-público e são desenvolvidas no curso chamado Introdução a Cosmovisão Vampyrica;


Internas:  Permitidas apenas aos integrantes da Escuderia e do Círculo Interno.Como muitas das atividades realizadas no Solo Sagrado Strigoi. Dado o nível de pessoalidade, discrição, poder e familiaridade o acesso é restrito e reservado as hostes apropriadas de nossa discreta sociedade.Sobre tais ritos, as vezes compartilhamos impressões e relatos no Blog Cosmovisão Vampyrica.


 

Opinião: Sobre o rito anual e sobre não-coincidências

Saudações, leitores! Hoje trago para vocês um relato de cunho pessoal, mas que eu acredito que vão apreciar e com o qual talvez se identifiquem em partes ou em um todo. Leia+

Assista o Video:PARANAPIACABA MALDITA – Uma viagem no imaginário local e suas lendas urbanas

Há muitas histórias misteriósas na névoa de Paranapiacaba, as vezes chamada de noiva ou de véu de noiva por seus moradores.E outras ainda de assombrações que tornam o local perfeito Leia+

O Vermelho, O Negro e O Branco influências templárias na Cosmovisão Vampyrica

Não é segredo algum que a Cosmovisão Vampyrica herda incontáveis influências da tradição esotérica ocidental, aliás qualquer espiritualidade verdadeiramente séria encontra ressonâncias na chamada sabedoria perene (a verdadeira tradição em Leia+

Assista a apresentação de Lilith Melanie, bailarina de Vampyre Belly Dance na Loja Fake No More

Assista a apresentação de Vampyre Belly Dance da bailarina Lilith Melanie, introdutora e criadora deste estilo na Loja Fake No More na Galeria do Rock realizada no mês de setembro Leia+

ALQUIMIAS DO "SANGUE"

“Cada vez mais assim penso. Cada vez mais ponho na essência anímica do meu sangue o propósito impessoal de engrandecer e contribuir para a evolução da humanidade.” Fernando Pessoa [dcs_darkspliter Leia+

Dama Leto e o dia da Mulher (do Apocalipse)

[Um texto de Lord A:.] Feliz Dia  das Mulheres! Façam o dia de hoje e todos os dias melhores nem que seja apenas para você, coletivos são formados por indivíduos e Leia+

Elizabeth Bathory (Erzsébet Báthory) programa Cinebiografias Fantásticas

Programa del Ciclo: “Biografías Fantásticas” creado y conducido por Silvia Hopenhayn y transmitido por Canal Á. Ciclo Biografías Fantásticas: Erzsébet Báthory [Ilustrada por Santiago CARUSO] from santiagocaruso on Vimeo. [dcs_darkspliter Leia+

Vampyrismo, transparência, paganismo e mistério

Sobre a aparente genialidade ou o tom formidável que são atribuídos aos meus trabalhos e criações por vocês – bem como uma carreira artística de pelo menos 17 anos bastante Leia+

SATURNO E SUA INDOMÁVEL ERA DE OURO

Sombras, dragões, lobos, os mortos, os lícantropos, os vampiros, as bruxas e a escuridão vivem ocultas em seus negros mantos e andrajos. [UM TEXTO DE LORD A : .] Segundo Leia+

VOX VAMPYRICA: Lord A:. apresenta o artigo "Vampyrismo e o Espelho" e o som fica por conta dos Djs Casal Bela Lugosi

[dcs_darkspliter parameters] Escute o Podcast no player abaixo, ou faça o download da edição nesta outra página [dcs_darkspliter parameters] 9.10.2013 Lord A:. apresenta o artigo Vampyrismo e o Espelho.No som Leia+

THOMAS KARLSSON: Uma entrevista muito especial.

* ENGLISH VERSION, HERE! Thomas Karlsson é um erudito em história, religião, mitologia, runosofia e filosofia. Também é o autor de obras contemporâneas seminais dedicadas ao Cabala, Goetia, Qlipoths e Leia+

ROTEIRO DE ESTUDOS:

Registro de Alexandre Nakagawa, 2012

Sua primeira vez aqui?

Temos mais de 10 anos de conteúdo!Inicie suas leituras e estudos de Cosmovisão Vampyrica com estes artigos:

QUESTÕES SOCIAIS

ALÉM DO VENTO BOREAL

ALGUMAS PALAVRAS SOBRE O FORMULÁRIO

Foto: SweetNightmare, 2016

Nesta órbita aberta e estabelecida através das iniciativas VoxVampyrica, SLVN-Sob o Longo Véu Negro e pelo livro Mistérios Vampyricos: Arte do Vampyrismo Contemporâneo, todos são bem-vindos independente do sexo, idade, raça ou cultura – apenas o trabalho, o convívio, irmandade e o seu desenvolvimento determinarão seu grau de acesso em nosso Círculo Strigoi.

Registro de SweetNightmare, 2016

As portas do Círculo Strigoi estão abertas a todos, sem distinção de sexo, idade, crença, ausência de crença, raça ou cultura. Compartilhamos e ensinamos nossa arte e ofício aos afins e do “Sangue”, que são aqueles que verdadeiramente permanecem – preenchendo este formulário receberá regularmente no seu e-mail acesso a artigos iniciais velados, práticas básicas e ordálias para o seu desenvolvimento.Apreciando tais conteúdos recomendamos que realize os workshops, cursos, ritos e que participe dos eventuais encontros.

Registro de Sweetnightmare

Se enviamos tais conteúdos é porque nos importamos e nos interessamos com você – recíprocidade e discrição, bem como respostas dadas com simplicidade e cordialidade serão apreciadas e valorizadas.

Entretanto, se admite perante si que o todo a sua volta é um espelho de si e que a derradeira transformação está ao alcance da sua mão, adentre nossa trilha de livre e expontânea vontade; e de maneira transparente perante si.

Se você duvida, apenas terá dúvidas;
Se você acredita, apenas terá crenças;
Se você encanta, apenas terá encantos;
Se você admira, apenas terá admiração;
Se você realizar, aí sim terá uma história!

Registro de Alexandre Nakagawa

Desde o ano de 2006 o Círculo Strigoi focaliza toda expressão de sua arte e ofício no desenvolvimento da chamada “Cosmovisão Vampyrica” para cada um determinar sobre aquilo que lhe determina alcançando uma clara visão, transparente e adamantina da própria têmpera e tornando-se um artífice do próprio destino – expresso na fórmula e relação do espírito caçador e do coração feral.

Mantemos nossa observância ao mito polar,  os seis eixos zodiacais, seus contrastes, estâncias, estações  e demais funções no vasto relevo espiritual da geografia mítica por onde transita nossa via. Inspirados e influenciados pelos mitos e ritos da caçada selvagem e também de antigas guildas de ofícios artesanais e clandestinos- de culturas agrícolas ou caçadoras.

Acolhemos em nossa augusta fraternidade aos herdeiros e herdeiras de platônico legado daemônico e que buscam habilidade e maestria em suas artes da noite, através do fogo e do gelo. Na firmeza e flexibilidade de nossa gramática simbólica de glifos e alfarrábios sencientes que mensuram a via do imaginário e suas rotas entre o reino de Atalantia e do Selvagem Jardim.

Nosso treinamento inicial desenvolve por 13 meses questões fundamentais de equilíbrio, justa medida, mitologia comparativa, ritos e ortopraxia funcionais a tal contexto (uma leitura mais detalhada pode ser feita aqui); havendo afinidade, reciprocidade e amor o neófito receberá um convite para o grau básico da escuderia; sendo bem sucedido haverá outros graus e ordálias a serem conquistadas e integradas nos próximos 5 anos.

 

Arquivo do Circulo Strigoi
Retrato do antigo Templo de Afrodisia, onde o Circulo Strigoi atuou entre 2007 e 2012

O RUGIR DO DRAGÃO:

DESPERTANDO O PODER PESSOAL 

Oconteúdo do nosso ciclo de práticas e estudos nomeado como “Introdução a Cosmovisão Vampyrica” finalmente agora pode ser estudado de uma forma mais branda e com muita prática diretamente na sua casa e no momento mais apropriado para você.

Neste treinamento você aprenderá a reconhecer e espreitar diversas expressões e emanações provenientes do teu cerne e da atmosfera ao vosso redor – transformando cada uma delas em uma força proveitosa ao seu desenvolvimento físico, social e espiritual em todos os sentidos.

Neste curso o aluno tem a oportunidade de aprender a reescrever a maneira como espreita e vai atrás das escolhas de vida aprendendo a deixar de lado o automatismo e a fadiga acessando um amplo manacial de poder oculto ao lidar com os desafios da vida agindo transparentemente.

Este curso, que dá ao aluno a oportunidade de ingressar no Círculo Strigoi, apresenta aos participantes as noções teóricas e práticas da Magia e do Poder Pessoal, e um pouco da ortopraxia presente em uma espiritualidade de vanguarda que vai muito além do senso comum e do folclore ligado à produção cultural do gênero, a Cosmovisão Vampyrica.

ORIENTAÇÃO: Lord A

Lord A:.

Lord A:. ou Axikerzus Sahjaza é um renascentista tardio que tem o Vampyrismo como o lado mais conhecido da sua ampla obra e de uma bem sucedida e consolidada trajetória que se inicia ainda no começo da década de noventa.

Mais conhecido do grande público pelo livro “Mistérios Vampyricos: A Arte do Vampyrismo Contemporâneo (Madras Editora, 2014 que já tem mais de 10.000 exemplares vendidos) e de suas criações a frente do portal REDE VAMP, bem como do programa VOX VAMPYRICA (no ar há 10 anos) e o desenvolvimento de diversos outros eventos, festas, saraus e projetos culturais ao longo deste tempo formando um legado e patrimônio cultural singular no alternativo Brasileiro, Sul-Americano e Lusitano.

CONTEÚDOS ABORDADOS

• História: Fashionismo e Cosmovisão Vamp;
• O espírito caçador e suas expressões na magia;
• Espreitando a  Deídade pessoal ou oculta;
• 8 circuitos de Robert Anton Wilson e Thimoty Leary;
• Adulrunas: As nobre runas e seus processos;
• O Jogo do Coração Feral & Espírito Caçador;
• Antigos Ritos de Fertilidade da terra;
• Os mitos e ritos da Caçada Selvagem;
• Processo extático, foco e jornada astral
• Sonho Lúcido, visão, ataque e defesa astral;
• Sabedoria (Filosofia) Perene e o pensar pré-moderno;
• Transformando Kharma em Dharma;
• A arte da transmutação;
• Alquimia interior;
• Exercícios e práticas do cotidiano na Cosmovisão V.;

Curso dividido em três módulos, com conteúdo teórico, prática e vivências.

*Detalhes do Curso*
– Facilitador: Lord A
– Datas: início em 30 de Maio (Módulo 1)
– Horário: 20h às 22h
– Local: EAD do Espaço Merkaba (Plataforma de Curso Online)
– Investimento: R$ 180,00 mensais (R$ 360 o módulo em até 3x sem juros)

COMPRE JÁ!

Acesse o link 

Observações:
– Curso Online, dividido em 4 aulas quinzenais
– Curso com teoria, prática, material e Certificado de participação!
– Este curso acontece somente online
– Mínimo de 10 alunos para fechar a turma

*Inscrições*
Email: [email protected]
Telefones: (11) 3567.7539 ou 2619.7538
WhatsApp: (11) 9.7205.5181

COMPRE JÁ!

 O Círculo Strigoi agora tem seu próprio espaço em São Paulo!

VISITE NOSSO ESPAÇO

One comment

  1. O Vampirismo, sempre foi algo que me chamou atenção. Por anos tentei buscar em sites, blog e alguns livros sobre o assunto, mas nunca consegui ler algo que fosse realmente sério. Pretendo me aprofundar e entender melhor sobre esta Arte, a princípio sem nenhum compromisso...mas quem sabe tenha algo que possa me tocar profundamente e me ajudar encontrar meu verdadeiro "Eu" vampírico.

    Reply

Leave a Reply