NOSFERATU DE ROBERT EGGERS DESVELA SEUS ATORES PRINCIPAIS

Back to Blog
Nosferatu de Robert Eggers

NOSFERATU DE ROBERT EGGERS DESVELA SEUS ATORES PRINCIPAIS

NOSFERATU DE ROBERT EGGERS DESVELA SEUS ATORES PRINCIPAIS: Desde 2017, o diretor Robert Eggers (“A Bruxa”, “O Farol”, “O Homem do Norte”) planeja fazer uma nova versão de “Nosferatu”. Ao longo de 2022 apareceram belas fanarts do que poderiam ser cartazes do filme nas redes sociais; as expectativas foram aquilatadas pelo centenário do filme de Murnau, celebrado formalmente na Fangxtasy Festa Online há alguns meses -recorde aqui.

Vamos a notícia. Conforme relatado pelo Deadline, parece que o projeto do Nosferatu de Eggers está finalmente ganhando vida. Aparentemente, os atores Bill Skarsgard e Lily-Rose Depp farão parte da produção, que será dirigida e escrita por Eggers para a Focus Features. O que é uma notícia e tanto.

Skarsgard está definido para interpretar Nosferatu, também conhecido como Conde Orlock no filme. A considerar as recentes atuações dele – e o tom sinistro de se movimentar nestes personagens é interessante – temos algo promissor orbitando nossa atmosfera. Inclusive não é a sua primeira vez como vampiro, vale lembrar da sua participação na série Hemlok Grove da Netflix. Um pouco antes seu irmão mais velho, o ator Alexander Skarsgard, interpretou o célebre vampiro Eric Northman, no seriado True Blood da HBO.

A escolha de Lily para o seu lugar é promissora, a atriz é filha do astro John Depp e da cantora francesa Vanessa Paradis; a jovem ainda tem no portfólio o tempo de modelo do famoso perfume Chanel N.o 5 e algumas produções independentes bem marcantes, além de uma discografia charmosa.

Nosferatu de Robert Eggers
Nosferatu de Robert Eggers

Por enquanto, parece que a atriz Anya Taylor-Joy está sendo deixada de fora do projeto, seu nome já havia sido considerado por Eggers antes – mas devido aos conflitos de agenda ela está fora do projeto.

De acordo com o Deadline, “Em nova releitura, o filme é um conto gótico de obsessão entre uma jovem assombrada na Alemanha do século 19 e o antigo vampiro da Transilvânia que a persegue, trazendo consigo um horror incalculável”.

Murnau, realizou a primeira adaptação não autorizada de “Drácula de Bram Stoker” onde apresenta a inesquecível atuação de Max Schreck como Conde Orlok, a representação mais arrepiante de uma peste mortal na história do cinema. O filme foi lançado em 1922 e mudou o cinema de terror. Cem anos depois, “Nosferatu”, ainda é hoje um dos filmes de terror mais influentes de todos os tempos e continua a assombrar o público.

Na Rede Vamp e nas obras de Lord A:. exploramos uma visão mais rica da obra Nosferatu de Murnau que nos leva a um ocultista germânico chamado Albin Grau, que é o criador e produtor do filme original e você pode apreciar mais sobre estes conteúdos neste outro artigo.

Nosferatu aparece bastante nos arquivos da Rede Vamp, confira alguns desses artigos. A memória afetiva do brasileiro com o personagem Nosferatu é bastante rica, existindo encenações teatrais, hqs e quando o filme chegou em nossas terras o conde Orlok foi inclusive confundido com um Lobisomem, contamos aqui.

E uma outra curiosidade é que na bela cidade de Curitiba há o Nosferatu, o primeiro pub com temática de horror criado no Brasil e já estivemos lá, leia mais aqui.

Facebook Comments

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to Blog