Lord A:. realiza palestra no lançamento do livro "Meu Amor é um Vampiro"

Back to Blog

Lord A:. realiza palestra no lançamento do livro "Meu Amor é um Vampiro"

No gélido poente do dia dos namorados deste ano, Lord A:. realizou uma interessante palestra sobre a história da produção cultural e o folclore de temática vampiresca lá no lançamento do livro “Meu Amor é um Vampiro”, coletânea organizada pelo Eric Novello e a Janaína Chervezan e publicada pela editora Draco.O evento aconteceu na livraria Saraiva Mega Store do Shopping Paulista e reuniu naquele finalzinho de tarde apreciadores de literatura fantástica, autores amigos, participantes da coletânea, cosplays e fãs de Crepúsculo…

O evento se iniciou com as boas vindas ao evento realizadas pela Natasha (presidente do Twilight Universe) e o Rafael Viana (site Bookeando);Depois tivemos uma breve apresentação do livro pelo Erick Sama da Editora Draco.Na sequência foi a vez da mesa principal contou com a participação das autoras Rosana Rios, Giulia Moon e do palestrante convidado “Lord A:.”.

[nggallery id=2]

Em sua breve palestra, Lord A:. resgatou conteúdos do começo dos romances vampirescos, que se iniciam com a poesia Christabel de Samuel Taylor Coleridge na segunda metade do século XVII – onde os vampiros são tomados dos contos folclóricos e passam a servirem como máscaras para artistas e escritores falarem e explorarem temas considerados como tabús, tais como: morte, vida, o que é realmente viver e ainda sexualidade…Notem que a personagem Geraldine (uma vampira) é lésbica e tem um caso com Christabel (personagem título).Esta abordagem alegórica irá se tornar uma tradição nas obras dos “descendentes literátos” de Coleridge como Byron, Poe, Baudelaire, Bran Stocker e este alegórico “DNA literato” alcança até Anne Rice ou Popy Z.Brite…

Segundo a palestra de Lord A:., no Brasil temos mais de quarenta anos de produção cultural de temática Vampiresca.As primeiras aparições começam na segunda metade da década de 1960 com a participação da atriz Norma Benguell na produção italiana Planeta dos Vampiros e com um longa metragem nacional chamado “Um Sonho de Vampiros”.Depois destes tivemos muitos filmes, peças teatrais e até novelas com Drácula em pleno anos de 1980.Uma das grandes curiosidades é a criação da personagem “Mirza, A Mulher-Vampiro” de Eugênio Collonesse e Rodolfo Zalla que antecedeu em três a cinco anos a personagem Vampirella dos norte-americanos.O pesquisador  ainda traçou um retrato bem detalhado sobre as primeiras autoras que exploraram a temática “vamp” como Flávia Muniz, Martha Argel e Giulia Moon e sua importância e pioneirismo para a cena da literatura fantástica de temática vampírica brasileira.Isso sem falar na campanha do Dia dos Vampiros que se tornou data oficial da cidade de São Paulo, empreendida anualmente pela cineasta Liz Marins que interpreta a vampira Liz Vamp nos cinemas.

Quem desejar conhecer mais sobre a trajetória cultural do vampiro no brasil pode consultar a cronologia da produção cultural vampirica no Brasil em… e também os textos… e ,,,, aqui mesmo no RedeVamp.

Depois da breve-palestra do Lord A:., foi a vez das autoras estreantes Adriana Araújo, Ana C. Silveira e Cristina Rodriguez contarem um pouco de suas trajetórias e da emoção de participarem desta bela coletânea.Um assunto muito interessante que foi levantado pelo público presente ao evento durante as falas das autoras e do convidado – foi a questão do preconceito sofrido por apreciadores de literatura fantástica e até mesmo integrantes de cenas culturais alternativas.Soubemos de um caso aterrador acontecido há pouco tempo, onde uma mãe-de-família evangélica decidiu incinerar na fogueira livros de ficção ou de fantasia em praça pública…uma barbárie sem tamanho em pleno século XXI.Note que falamos de obras de arte e de imaginação sem qualquer cunho ou perspectiva de cosmovisão ou ainda religiosa.

Durante o evento ainda tivemos as presenças do autores Sérgio Pereira Couto, Martha Argel, Flávia Muniz, Adriano Siqueira, Eric Novello e da cineasta e atriz Liz Marins que interpreta a personagem Liz Vamp.E também de muitos cosplays de personagens vampirescos e ainda do público que compareceu para prestigiar este delicioso lançamento.

SOBRE O LIVRO ” MEU AMOR É UM VAMPIRO”:

A coleção amores proíbidos vem para mostrar que o amor vence todas as barreiras, e pode fazer pessoas muito diferentes descobrirem que tem algo em comum, mesmo quando o coração de uma delas não bate há séculos.

Se apaixonar não é nada fácil. Rola ansiedade, expectativa e muito nervosismo pensando no primeiro encontro e, quem sabe, no primeiro beijo. Imagine então quando o pretendente é um vampiro?
Pode ser um bem tradicional de capa e longos caninos, um sombrio e misterioso que aparece de repente na sua janela ou um aventureiro de moto e calça jeans, louco para te levar em um passeio inesquecível. Nesses casos, a adrenalina é ainda maior!

Nas perigosas páginas de Meu Amor é um Vampiro você conhecerá histórias fantásticas das melhores autoras de literatura vampiresca nacional, repletas de casais apaixonados e situações surpreendentes. Mas não pense que tudo são flores e caixas de bombom, afinal de contas, encontrar o par perfeito pode esconder terríveis surpresas.

Proteja o seu pescoço e marque um encontro com histórias que vão do romance ao susto, do suspense ao riso, numa leitura com beijos de tirar o fôlego.

Quem nunca se apaixonou que enfie a primeira estaca.

Essa coletânea é organizada pelo escritor Eric Novello e pela editora Janaína Chervezan, leitores assíduos de literatura de vampiros, e tem o prefácio da dama morcega Giulia Moon, uma das maiores escritoras brasileiras dentro do gênero de terror vampiresco.

Sobre as autoras

Adriana Araújo é uma criatura estranha com idéias esquisitas. Cria histórias em tempo integral e estuda Química na UFMG para se distrair. Já publicou contos nas coletâneas Pacto de Monstros (2009) e Paradigmas 4 (2010) e mantém os sites de tirinhas Bram & Vlad, sobre vampiros, clichês e coisas da vida e Periódicas, onde a Química ri. Seu lema de vida é “não se leve tão a sério”.

Ana Carolina Silveira é advogada, blogueira, leitora inveterada e escritora eventual, não necessariamente nesta ordem. Tem residência variável, sendo a atual Belo Horizonte-MG. Jogou muito Vampiro: A Máscara durante a adolescência e até  hoje tem uma quedinha por Lestat de Lioncourt.

Cristina ‘Tziganne’ Rodriguez tem alma e vida de cigana. Muda incessantemente, procurando descobrir algo de novo no mundo que a cerca. Romântica, acha que o amor supera tudo, inclusive vampirismo. É casada e tem um filho. Dedica-se a escrever e a tentar cuidar de plantas, sem muito sucesso. ‘O vermelho do teu sangue’ é seu primeiro conto publicado. Para saber mais sobre ela, visite: http://tziganne.blogspot.com

Giulia Moon é paulistana, formada em publicidade e propaganda pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). Já foi diretora de arte, ilustradora, diretora de criação e sócia de agência de propaganda. Giulia tem três coletâneas de contos publicadas: Luar de Vampiros (2003), Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros (2004) e A Dama-Morcega (2006). Em 2009, lançou o seu primeiro romance, Kaori: Perfume de Vampira. Participou das coletâneas Amor Vampiro (2008), Território V (2009), Galeria do Sobrenatural (2009) e Imaginários Vol. 1 (2009).

Helena Gomes é jornalista, professora universitária e autora dos livros de ficção Assassinato na Biblioteca, Lobo Alpha, Código Criatura, Kimaera – Dois mundos, Nanquim – Memórias de um cachorro da Pet Terapia (infantil), O Arqueiro e a Feiticeira, Aliança dos Povos e Despertar do Dragão (os três últimos da saga A Caverna de Cristais). É também coautora da não-ficção Memórias da Hotelaria Santista (1997). Publica contos em sites, antologias e revistas. Mais sobre seu trabalho em http://mundonergal.blogspot.com

Nazarethe Fonseca nasceu em São Luís, Maranhão. Começou a escrever aos 15 anos, após um sonho que se tornaria seu primeiro livro, uma trama policial. É autora da saga Alma e Sangue, iniciada com O Despertar do Vampiro e que prossegue em O Império dos Vampiros. Escreveu também Kara e Kmam, e publicou contos nas coletâneas Necrópole: Histórias de Bruxaria e Anno Domini.  Mora atualmente em Natal, Rio Grande do Norte. Seu e-mail de contato é [email protected].

Regina Drummond é mineira e mora em Munique, Alemanha. Apesar da sua formação de professora, nunca deu aulas, mas sempre trabalhou com literatura. Autora de muitos livros, tradutora e contadora de histórias, fala alemão, inglês e francês. Já ganhou alguns prêmios e destaques, sendo o mais importante o Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, como editora. Escreve ainda para jornais e revistas, nacionais e internacionais. Entre seus livros, destacam-se “Destino: Transilvânia” (Ed. Scipione); “Sete Histórias do Mundo Mágico” (Ed. Devir); “O destino de uma jovem maga” e “Histórias de Arrepiar” (Giz Editorial); “O Passarinho Rafa”, (Ed. Melhoramentos). Para conhecer seu trabalho, acesse a homepage www.regina-drummond.de

Rosana Rios é autora de Lit. Fantástica, Infantil, Juvenil. Em 22 anos de carreira produziu ficção, teatro, roteiros (TV e quadrinhos), Publicou mais de 100 obras e recebeu os prêmios: Cid. de Belo Horizonte (1990), Bienal Nestlé de Literatura (1991), Prêmio Abril de Jornalismo (1994), Menção Altamente Recomendável da FNLIJ (1995, 2006) e foi finalista do Prêmio Jabuti (2008). Mora em São Paulo com a família, uma enorme biblioteca e uma coleção de dragões. Site: www.segredodaspedras.com. Blog: http://rosanariosliterature.blogspot.com.

Valéria Hadel nasceu na capital do Estado de São Paulo. É descendente de húngaros e romenos, o que de certa forma explica sua familiaridade com vampiros. Graduou-se em biologia, fez pós-graduação em ecologia e zoologia, e mora em São Sebastião, litoral norte do Estado, desde 1984, quando foi trabalhar com biologia marinha. Sua área de atuação é a pesquisa e o ensino em ecologia e educação ambiental marinha e costeira. No quintal da sua casa moram cinco vira-latas, um dos quais é personagem do conto que escreveu para esta coletânea.

Meu amor é um vampiro
Organizado por Eric Novello e Janaina Chervezan
ISBN
: 978-85-62942-09-9
Gênero: romance sobrenatural (paranormal)

Páginas: 160

Preço de capa: R$ 31,90

Facebook Comments

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to Blog