REVISTA GERAÇÃO Z: Estréia com o Vampyro Lord A como um dos colunistas e colaboradores

Back to Blog

REVISTA GERAÇÃO Z: Estréia com o Vampyro Lord A como um dos colunistas e colaboradores

“A noite cai e desperta em cada um de nós a imaginação, o romance, a ausência de limites e de uma sensação de que somos o reflexo daquilo que sentimos, sonhamos, pensamos e escolhemos realizar – só que alí no meio a escuridão percebemos que apenas ficamos com a vitalidade daquilo que vivenciamos com acertos ou erros na tal da vida como ela é. Também ouvimos um riso zombeteiro a desdenhar que somos muito mais do que nosso olhar errante pode distinguir.

Para alguns há o desvelar de uma sede de viver mais, de conquistar mais e a constatação perene de que tal desejo nunca será saciado. Realizamos aquilo que sonhamos e conquistamos até onde imaginamos – mas há mais do que isto, no entanto ao definirmos, este algo sempre nos escapa. Amanhece sempre amanhece, vem o fatídico cotidiano. No transcorrer de mais um dia, percebemos naquele tom de voz interior que usamos para explicar a sí, nossas venturas e desventuras notamos que aquele soturno espectador permanece, apenas esperando pelo anoitecer, algo mais antigo do que o ego que a nossa vã era da razão jamais poderia explicar.”CONTINUE A LEITURA DESTE ARTIGO, AQUI!

 

Há cerca de uma década atrás(final de 2003) no extinto site “The Maozoleum” Lord A:. publicou a coletânea de artigos da série “Vampiro Contemporâneo” – sendo a primeira e mais duradorura corrente de textos destinados a aspectos basáis da “Subcultura Vamp” fornecidos pela primeira vez e contínuamente em idioma Português – causando grande agito no Brasil, América do Sul e ainda em Portugal.Os aspectos mais elementares dos “Vamps” eram alí apresentados de forma didática e informativa, possibilitando a organização e do desenvovimento da cena que temos hoje.Estes artigos eram reproduzidos a vontade em diversos blogs e sites varíados.A coluna regular atraía a atenção das grandes mídias brasileiras e rendeu inúmeras participações em jornais e programas televísivos daquela época.Até mesmo um dos mais conhecidos eventos de ficção e literatura fantástica brasileiro plagiou o nome da da coluna em uma de suas atividades, mas depois recuou.Agora quase dez anos depois, uma nova versão desta coluna estréia agora no site e na revista impressa Geração Z.

Leia na íntegra este artigo inédito de Lord A:. – e acompanhe sua nova coluna Vampiros Contemporâneos na revista Geração Z Magazine

Facebook Comments

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to Blog