Back to Blog

Michélle, a Vampira

Michélle, a Vampira Num lugarejo da França, a jovem Michèlle estava próxima de se casar, quando foi mordida pelo Conde Drácula. Porém, a moça tinha um problema mental que a tornava uma pessoa de dupla personalidade, e a doença a acompanhou mesmo após sua morte. Vez por outra, ela é má e sanguinária, e em seguida pode ficar doce, angelical e totalmente humana. Caçada pelo ex-noivo e perfurada no coração por uma faca de prata, Michèlle ainda consegue se esconder no porão de um navio, o qual fazia parte de uma invasão Francesa ao Brasil. Michèlle revive no Maranhão e aterroriza a população. Entretanto, obtém um inimigo à altura: o médico Francisco Palmeira .Primeira publicação em 1977
Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog