Back to Blog

Ed.03 Dicas Literárias do Gian

CAMPANHA EM PROL DA LITERATURA FANTÁSTICA NACIONAL

Nos últimos dias surgiram dois posts antagônicos aqui mesmo no Facebook, e eu gostaria de me alongar em relação ao assunto, pois eu mesmo estava comentando a respeito não só aqui como com um colega escritor.

Um dos posts pedia (ou pede, pois ainda deve ser repassado por um ou outro dia) APOIO À LITERATURA FANTÁSTICA NACIONAL. O outro contrapunha o primeiro pedindo MAIS COMPETÊNCIA NESTA MESMA LITERATURA.

Muito bem, agora… qual dos dois está correto?
Ambos!

Continue lendo>>>

Evidente que nem tudo é perfeito na literatura fantástica nacional. Mas isso acontece no mundo todo, o problema é que, como eles não ficam sabendo do que ocorre aqui, a maioria de nós não fica sabendo do que acontece lá fora. E se tem muita coisa ruim sendo publicada, também tem muita coisa boa. O que cabe ao leitor, ao editor fazer, é separar o joio do trigo, como em tudo na vida, para falar a verdade. E ao autor cabe ter bom senso e vontade de aprender e se desenvolver sempre. Mesmo assim, não se pode ignorar o que é bom só porque existe coisa ruim no meio!

Na realidade, como eu estava comentando com o meu colega, o que está acontecendo é o declínio de um ‘boom’ de autores e editoras, em que vários cairão e só os que souberem trabalhar seus textos, fazer pesquisa, estudar, continuarão em frente. Uma vez mais como tudo na vida.

Agora, se os dois estão corretos, qual está errado?
Ambos!

Pois ambos trabalham conceitos radicais, e a posição radical está errada praticamente todas as vezes.

Isso é: a contraposição de uma colocação que pede APOIO INCONDICIONAL a algo não é que este algo PRECISA DE COMPETÊNCIA, mas como eu mesmo coloquei acima, que existem coisas boas e coisas ruins, é não é que as primeiras devem ser colocadas num pedestal e as últimas rechaçadas, mas ambas devem ser consideradas positiva e criticamente, de modo que chamemos a atenção do público leitor e ajudemos o autor amador a se profissionalizar.

Do mesmo modo que, como eu mesmo já coloquei em textos anteriores, os AUTORES QUE ESTÃO COMEÇANDO DEVERIAM TER BOM SENSO e antes de ficar gritando aos quatro ventos que “seus livros irão revolucionar o mercado editorial” (e depois ficar usando como desculpa que este ou aquele autor famoso teve seus originais recusados diversas vezes, como se isso fosse a regra…), eles buscassem junto aos mais experientes uma noção do mercado, assim como lessem mais e buscassem maneiras (como a leitura beta, que eu já mencionei) de melhorarem suas escritas.

Porque uma coisa eu posso dizer com certeza: NÃO É CRITICANDO DESTRUTIVAMENTE QUE VAMOS MELHORAR O MERCADO. SE CRITICAS DESTRUTIVAS SERVISSEM PARA ALGO ELAS NÃO SERIAM CHAMADAS DE ‘DESTRUTIVAS’.

Gianpaolo Celli

Conheça mais sobre o novo colaborador do nosso blog!

Contatos:

FacebookOrkut | Comunidade no Orkut | Site Oficial
Email: [email protected] | Twitter:@gianpaolocelli

Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog