Dia dos Vampiros em São Paulo, primeiras impressões…

Back to Blog

Dia dos Vampiros em São Paulo, primeiras impressões…

METRONEWS

 

…E o Dia dos Vampiros, campanha e data oficial da cidade de São Paulo criada pela atriz, cineasta e escritora Liz Vamp que tem como bandeira o incentivo a doação de sangue, promoção de campanhas informativas contra preconceitos de todos os tipos e incentivo a diversidade cultural – foi um sucesso. O público compareceu com belos visuais e espírito colaborativo como era de se esperar. Já saíram duas matérias na mídia local, segue os primeiros links em negrito – no portal G1 e no portal da UOLo registro fotográfico e a presença dos respectivos profissionais foi impecável. A menção elogiósa deste ano vai para o jornal Metro News na edição de sábado que trouxe uma matéria bem completa e justa sobre o Dia dos Vampiros e suas bandeiras – leia agora mesmo.(pg11)

[dcs_darkspliter parameters]

SOBRE A MATÉRIA NO G1:

[atualizado nesta segunda-feira 12.08 as 17h20] Infelizmente em São Paulo os editores do G1 inicialmente não desenvolveram um texto que explicasse ou sequer apresentasse as causas, as bandeiras e a história de mais de uma década desta data. No passado houveram artigos melhores e mais informativos.Contactados nesta segunda-feira 12.08 pela equipe do REDE VAMP, o jornalista Fabio Tito e Angélica do portal G1 responsáveis pela postagem foram atenciosos e atualizaram o texto e realizaram diversos acréscimos e correções. Justificaram que o parágrafo publicado antes foi escrito as pressas e pela falta de funcionários nos plantões do final de semana saíram incompletos – e faltou informação sobre a campanha na redação naquele momento – o que é chato, mas compreensível – tanto o Fabio quanto a Angélica foram muito solícitos e estão realizando mais alguns ajustes e correções no texto do G1 hoje e nesta terça.Vamos acompanhar de perto.

[atualizado nesta terça-feira 13.08 as 11h46] Conforme anunciado mantivemos nosso diálogo junto ao jornalista Fábio Tito do Portal G1 e constatamos que de bom grado ele passou a conhecer alguns aspectos de identidade fundamentais da campanha do Dia dos Vampiros e junto a jornalista Angélica realizaram diversas correções no artigo e nas legendas das fotos (por sinais muito bonitas realizadas pela fotojornalista Cris Faga). Agora já podemos ler no  “olho de texto” do artigo algumas das bandeiras da campanha; a menção de Liz Vamp como criadora e não apenas organizadora do Dia dos Vampiros e a extensão, bem como o desenvolvimento da campanha em outras cidades e mesmo sua ocorrência em outros países.

DOV2013g1

Leia a matéria do G1 na íntegra / Foto de Cris Faga/Fox Press

[atualizado nesta segunda-feira 12.08 as 17h20] Enquanto isso, os participantes do evento em SP e outras localídades, assim como alguns organizadores da campanha informaram seu desagrado com o título da matéria no G1 de São Paulo  exaltando “fantasiados” e algumas outras palavras mal-escolhidas no texto original, o que não foi bem recebido pelos participantes da campanha.Mas o G1 está fazendo alterações alí e vamos ver o resultado final nesta terça-feira. Nós do REDE VAMP também conversamos com o G1 sobre a falta de critério na seleção dos comentários pela parte do G1, que segundo fomos informados por fontes externas é de responsabilidade de um profissional chamado Shin Suzuki.Simplesmente qualquer postagem de ódio, desrespeito e sem qualquer argumentação coerente é prontamente “liberada” e as postagens de participantes – e até mesmo de alguns integrantes e pariticípes do Dia dos Vampiros sequer são aprovadas.Tal situação de ausência de critérios na publicação de comentários da parte da Globo está gerando evidente constrangimento e denegrindo a imagem de imparcialidade do portal G1. Vamos esperar esta terça-feira13.08.2013 que inclusive é a data oficial do DIA DOS VAMPIROS para conferirmos qual será a atitude da parte do G1.

O consenso geral dos participantes de São Paulo é que o artigo do DIA DOS VAMPIROS referente a campanha de Poços de Caldas, de autoria da redação do portal G1 de Minas Gerais foi simplesmente perfeita, adequada e retratou a campanha com toda a merecída dignidade que lhe é devída.Você pode ler mais sobre o DIA DOS VAMPIROS em Poços de Caldas aqui!  [Logo mais fotos e videos com a cobertura oficial de 2013]

[dcs_darkspliter parameters]

[atualizado nesta terça-feira 13.08 as 11h46] 

O que aprendemos com esta situação ocorrida junto a matéria do portal G1?

Quando uma mídia de alcance internacional se interessa por um movimento regional e alternativo aos padrões cotídianos – ela se aproxima com sua costumeira velocidade, síntese e apresentando um conteúdo que irá soar como “artificial” e incompleto – por vezes desrespeitoso com um meio-cultural que cultiva e expressa valores e costumes diferenciados daquilo que é aceito na cultura numéricamente superior. O que devemos fazer enquanto participantes deste meio-social?

Desabafar, extravasar, xingar e nos vitimizarmos pela incompreensão e ataques verbais de “haters” em comentários por uma matéria mal-redigida e incompleta?Não.

Note que frisei a questão da “matéria mal-redigida e incompleta”, pelo simples motivo de que foi isso que aconteceu alí – e acima compartilhei a explicação dos próprios responsáveis por ela. Nós do Rede Vamp preferímos a sensatez de contactar os jornalistas responsáveis e indagar sobre o que aconteceu e a razão – e também fornecermos informação pontual e factual sobre o que é a campanha do Dia dos Vampiros, suas bandeiras, sua história, sua criadora e ainda orientarmos as palavras que não tinham nada a ver com o que fazemos ou somos.A isto nomeamos “aproximar-se com interesse e franqueza” e fomos bem recebidos com atenção e despertamos o interesse do jornalista Fábio Tito e Angélica para que assim tivessem acesso aos conteúdos que permitiriam desenvolver melhor a matéria sobre o Dia dos Vampiros.

Claro que muita gente irá projetar sobre o G1 suas próprias impressões e negatividades – bem como repulsas pelo canal que em certa medida são justas dado os fatos inicialmente ocorridos. Outros ainda podem se queixar que não gostaram ou aprovaram ainda o “tom” do artigo. Jornais e Portais de notícias, assim como os diversos profissionais deles tem que seguir seus manuais de estilo e uma série de protocólos e padrões de formação de frases e citações referentes aos seus conteúdos. [atualização 13.08 as 18h45]A criadora do Dia dos Vampiros, Liz Marins (cineasta, escritora e atriz) que interpreta a personagem Liz Vamp conversou por telefone com o jornalista Fábio Tito – e alguns pontos a mais foram ajustados no texto do portal G1.

Com tudo isso apenas queremos dizer que – se você ler ou assistir matérias que não refletem e não apresentam o Dia dos Vampiros com suas três bandeiras, sua história e a luta de sua criadora a Liz Vamp e a merecida notoríedade que uma campanha assim merece – utilize seu tempo para entrar em contato com as redações com alguns telefonemas e depois encaminhando e-mails – usando de uma postura madura, educada e apresentando fatos comprovados e históricos (com links de internet, fotos e afins) e demande pelas correções – e principalmente acompanhe de perto, cobre contínuamente e contríbua fornecendo informações (disponibilizadas no site oficial do DIA DOS VAMPIROS). No ano seguinte sempre haverá mudanças para melhor.

Esta não é a primeira edição desta campanha – e dado o fervor dos integrantes não será a última também. E no passado o próprio G1 já redigiu artigos que não precisaram de todo este movimento de retificação de conteúdo da nossa parte para com eles. E a excelente matéria produzida sobre a campanha do Dia dos Vampiros em Poços de Caldas/MG também aponta este caminho para os próximos anos. A respeito dos comentários de ódio, de pessoalídades e de intolerância que eram aprovados lá em detrimento dos “coments” (comprovadamente enviados) por participantes e simpatizantes desta data – ninguém por lá se pronunciou a respeito. Mas curiósamente desde que o REDE VAMP audaciosamente expôs a situação, constatamos que houveram mudanças rápidas na postura do (ou dos)responsável(eis) por esta função de administrar comentários no G1.

Enfim, contamos com nossos leitores, leitoras e também com os participantes do Dia dos Vampiros para continuarmos pagando o preço da liberdade e construindo conjuntamente mais este universo! Zeph´R!

 

Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog