Século XX [1900 á 2001]

 
     
     
 
TEXTOS RECOMENDADOS SOBRE O PERÍODO:

Através do Espelho Negro (site Vampyrismo.org)
Um breve Olhar Imortal (site Vampyrismo.org)
O Paganismo & o Vampyrico (site Vampyrismo.org)
Bibliografia do (site Vampyrismo.Org)
– Livros de pesquisa Recomendados
(rede vamp)

TEXTOS INTRODUTÓRIOS SOBRE VAMPYRISMO:
Primeira Visita (site Vampyrismo.org)
Textos Recomendados (site Vampyrismo.org)

 
   
 


1903

–/Londres: Bram Stocker publica:"The Jewel of Seven Stars;"

-Abril/ Aleister Crowley em viagem de lua de mel por Paris, Naples, Cairo e India; retorna ao Cairo.
e completa The Sword of Song, The Argonauts, The Book of the Goetia of
Solomon the King. AC

1904

– 8 á 10 de Abril: The Book of the Law é ditado para Crowley no Cairo.

-/Londres Sir -Henri Irving namaçonaria Honorary member: 1904
St Martin’s Lodge No. 2455, London

1905
-/Londres: Morre Sir Henry Irving, a persona por trás do personagem Dracula do livro de Bram Stocker [em vida ele foi amigo e mentor de Bram];

-/Londres: Bram Stocker publica: "The Man" ;Neste mesmo ano sofre um derrame e contraiu a doença de bright [que ataca os rims];

– Entre1905 e 1907 The Collected Works of Aleister Crowley são publcados

1906
-/Londres: Com a saúde fragilizada Bram Stocker publica " The Personal Reminiscences of Sir Henry Irving" como um tributo ao seu falecido mentor e amigo; [JGM]

1907
Bram Stocker completa 70 anos [MT]

1909
–/Londres: Bram Stocker publica o bem suscedido :"The Lady of Shroud";
1909-13 Aleister Crowley publica os primeiros dez números do The Equinox.

 
   
 


– Aleister Crowley, auto intitulado "A Grande Besta", torna-se conhecido por saudar mulheres com uma mordida em seus pulsos, chamado o " Beijo da Serpente". Para Michelle Bellanger esta éa primeira vez que um indivuidúo adota conscientemente uma atitude associada ao vampiro de forma mística e sedutora.[MB] Crowley considerado o restaurador da corrente mágika Draconiana, que teria sua origem no Egito do matriarcal; [A:.]

– /Londres: Bram Stocker publica seu trabaho não ficcional: " The famous Impostors";sobre pessoas inerentemente interessantes;

1911
– /Londres: Bram Stocker publica outro livro bem suscedido: "The Lair of White Worm"

1912
– The secret of House Nº 5, possivelmente o primeiro filme sobre vampiros, é produzido na Grã-Bretanha.[JGM]

– 12/04/Londres: Morre Bram Stocker em sua residência;

1913
– É publicado Dracula´s Guest, de Stoker.[JGM] Na verdade uma coletânea de contos e o conto-título era um capítulo excluído de Dracula editado pela viúva de Stocker, que felizmente sobreviveu para ver o sucesso de Dracula;[A:.]

– Aleister Crowley publica The Book of Lies.

1914
– Publicado "Vampire and Vampirism" de Wright Dudley, em Londres;[A:.]

1918
– Morre Samuel Liddell MacGregor Mathers

 
   
 


– Dracula, o primeiro filme baseado no livro, é produzido na Rússia. Não há cópias.[JGM]

– Aleiter Crowley funda na Sicília a Abbey of Thelema founded in Cefalu, Sicily.

– H.S. Olscott publica na Índia The Vampire,um livrinho de 19 páginas sobre vampirismo psiquico para a sociedade teosófica;[A:.]

1921
– Cineastas húngaros produzem uma versão de Dracula.[JGM]

1922
– Nosferatu, um filme mudo alemão, é produzido pela Prana Films, é a terceira tentativa de filmar Dracula.[JGM] Entretanto, tratava-se de uma livre adaptação, mesmo seguindo todas as regras e realizando uma série de alterações nomes dos personagens, não obteve o copyright ou a autorização da viúva e todas cópias do filme foram sentenciadas a destruição por um tribunal alemão. assista ao filme aqui [A:.]

1923
– Crowley extraditado da Sicilia pelo ditador Mussolini.[A:.]

1924
– /Derby: A versão de Dracula para o palco, de Hamilton Deane, estréia em Derby.[JGM]

– Fritz Haarmann, de Hanover, Alemanha, é preso, julgado e condenado pr matar mais de vinte pessoas numa orgia criminal vampírica.[JGM]

– Sherlock Holmes tem seu único encontro com um vampiro em "The case of the Sussex Vampire".[JGM]

1925
– /Londres: O Livro "The Lair of White Worm" de Bram Stocker é re-impresso;[JGM]

-1925 Aleister Crowley é convidado por Heinrich Tränker em Thuringen na Alemanha para se tornar International Head of the OTO.

1927
– 14 de fevereiro: versão para o palco de Dracula estréia no Little Theatre de londres.[JGM]

– USA/ O escritor de ficção cientifica H.P Lovecraft escreve " O Estranho Caso de Charles Dexter Ward", ação se passa quando um jovem herdeiro tem que enfrentar a força astral possesiva de um ancestral morto, que se tornou um vampiro astral. [MB]

– Outubro/New York: A versão americana de Dracula, estrelando Bela Lugosi, estréia no Fulton Theatre de new York.[JGM]

– Tod Browning dirige Lon Chaney em London After Midnight, o primeiro longa metragem sobre vampiros.[JGM]

1928
– A primeira edição do influente trabalho de Montague Summers, The Vampire: His Kith and Kin, aparece na Inglaterra.[JGM]

– Israel Regardie torna-se secretário de Crowley.

1929
– O segundo livro de Montague Summers, The Vampire in Europe, é publicado.[JGM]

– Crowley expulso da França. Neste mesmo ano publica Magick in Theory and Pratice

– Publicado em Londres o livro " The Vampire in Europe;[A:.]

 
   
 


– A ocultista Dion Fortune publica " Psichic Self Defense" que contêm relatos detalhados sobre ataques psiquicos de vampirismo; Neste livro ela formula a teoria que Vampiros Astrais são operadores magickos que já morreram na carne, entretanto conseguem existir no astral através de um processo de drenar energia dos vivos.[MB]

1931
– Janeiro: avant-première da versão espanhola Dracula.[JGM]

– Fevereiro: versão americana para o cinema, Dracula, com Bela Lugosi, estréia no Roxy Theatre, em New York. [JGM]

– Peter Kürten, de Dusseldorf, Alemanha, é executado após ser julgado culpado de assassinar várias pessoas numa orgia vampírica. [JGM]

1932
– Lançado o altamente aclamado filme Vampyr, dirigido por Carl Theodor Dreyer.[JGM]

1934
– /Londres: O livro de Bram Stocker " The Lady of Shroud" atinge sua vigésima primeira impressão; considerado o mais bem suscedido livro do autor depois de Dracula[JGM]

1935
– Crowley vai a falência.

1936
– Lançado o filme Dracula´s Daughter, pela Universal Pictures.[JGM]
1936-8 Em visita pela alemanha Aleister Crowley encontra Aldous Huxley.

1937
– Israel Regardie publica os ensinamentos da ordem no livro The Golden Dawn.

– Publicação do The Equinox of the Gods.

1939
– A maior parte dos templos da A.O e Stella Matutina se tornam dormants (com excessão do Hermes Temple in Bristol que trabalha espradicamente até 1970 e o Whare Ra temple na New Zealand que durou até o final da década de 1970’).

 
     
 


1942

– "Asylum", a primeira história sobre um vampiro alienígena, de A.E. Van Vogt.[JGM]

1943
– Son of Dracula ( Universal Pictures) com Lon Chansey, Jr., como Dracula.[JGM]

1944
– John Carradine interpreta Drácula pela primeira vez em Horror of Frankenstein. [JGM]

– Conclusão do The Book of Thoth com as cartas ricamente ilustradas por Lady Frieda Harris.

1945
– Crowley se retira para ‘Netherwood’, E trabala em seu livro Magick without Tears.

– /Londres: O Livro "The Lair of White Worm" de Bram Stocker é re-impresso;[JGM]

1946
-Morre Dion Fortune (Violet Mary Firth)

1947
– Aleister Crowley (Crowley, Edward Alexander) morre em primeiro de dezembro.

 
 
A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX: A partir deste ponto da cronologia dividimos os tópicos anualmente e não agrupados por décadas, devido a ampla quantidade informativa de nossa pesquisa.
 
 



1952

– Publicado na cidade de New Orleans um corajoso estudo psicológico intitulado " Psychological Studies in increase of lycantrhopy and Vampirism in America de 1930-1940"
a autoria é de Charles Zinck e Mirna Zinck;[A:.]

1953

– Drakula Istanbula, um filme turco adaptado de Dracula, é lançado.[JGM]

– Eerie Nº8 inclui a primeira história em quadrinhos adaptada de Dracula.[JGM]

– Nasce Katherine Ramsland, autora de Piercing the Darkness um dos mais contundentes e livros sobre cena vampyrica, e tambéma grande biógrafa de Anne Rice[A:.]

1954

– Vampira, a personagem criada por Maila Nurmi apresenta filmes de terror e ficção nos canais de tv norte-americanos.[A:.]

– O Código das Histórias em Quadrinhos bane os vampiros.[JGM]

-I Am Legend, de Richard Matheson, apresenta o vampirismo como uma doença que altera o corpo. [JGM]

1956

– John Carradine interpreta Drácula na primeira adaptação para a televisão no programa Matinee Theater.[JGM]

– Kyuketsuki Ga, o primeiro filme japonês sobre vampiros é lançado.

– O cineasta Ed Wood lança o famigerado "Plan 9 fromOuter Space" com a participação de Maila Nurmi e Bela Lugosi


1957

– O primeiro filme italiano sobre vampiros, I Vampiri, é lançado.[JGM]

– O produtor americano Roger Corman faz o primeiro filme de ficção científica sobre o vampiro, Not of This Earth. El Vampiro, com German Robles, é o primeiro de uma série de filmes mexicanos sobre vampiros.[JGM]


1958

– A Hammer Films, da Grã-Bretanha, inicia uma nova o­nda de interesse pelos vampiros com o seu primeiro filme Dracula, lançado nos Estados Unidos como The Horror of Dracula.[JGM]

– O Ator Christopher Lee assume pela primeira vez o manto do prsonagem e elabora um Dracula extremamente sexual, que inclusive mostrava suas presas de forma visível enquanto atacava as mulheres; [JGM]

-O primeiro número de Famous Monsters of Filmland assinala um novo interesse pelos filmes de horror nos Estados Unidos.[JGM]

1959
– Plan 9 from Outer Space é o último filme de bela Lugosi.[JGM]

 
     
 

– Republicação de "The Vampire: His Kith and Kin" de Montague Summers de 1928;[A:.]

1961
– The Bad Flower é a primeira adaptação coreana de Dracula. [JGM]
– /Londres: O Livro "The Lair of White Worm" de Bram Stocker é re-impresso;[JGM]
– Re-Publicado nos EUA, o livro " The Vampire in Europe;[A:.]

1962
– Fundação da Count Dracula Society, em Los Angeles, por Donald Reed.[JGM]

1964
– Parque de Juegos é o primeiro filme sobre vampiros produzido na Espanha. [JGM]
– The Munsters e A Família Addams, duas comédias de horror com personagens vampíricos, abrem a temporada de outono na televisão.[JGM]

1965

– New York/ Jeanne Youngson funda The Count Dracula Fan Club. [JGM] Embora a organização cresça significativamente a ponto de possuir um museu dedicado a Dracula, desenvolver vastas bibliotecas, ricos acervos de pesquisas- ela não consegue atrair ou dedicar tempo a pessoas que encarem o vampiro como algo real.[MB]

– The Munsters, baseado na série de TV do mesmo nome, é a primeira série de histórias em quadrinhos que destaca um personagem vampírico. [JGM]

– 11/12/1965: Primeira apresentação do Velvet Underground em um colégio Norte-Americano [marcando o retorno do Rock´n´roll para a juventude]

– Participação da atriz brasileira Norma Bengell no filme italiano PLANETA DOS VAMPIROS – Certo, não é um filme brasileiro sobre vampiros. Entretanto, contou com a participação de uma atriz brasileira chamada Norma Bengell, que alguns anos depois faria a primeira cena de Nú frontal da história do cinema brasileiro. Até o momento é a referência mais antiga e de provável influência sobre produção cultural vampírica relacionada ao Brasil no cinema. O elenco, encabeçado por Barry Andrews interpretando Mark Markary, o capitão da espaçonave Argus, conta ainda com a brasileira Norma Bengell (isso mesmo, a mesma Norma Bengell que dirigiu o polêmico “O Guarani” e que protagonizou a primeira cena de nu frontal do cinema brasileiro ao lado de Daniel Filho e Jece Valadão). Vale ressaltar ainda, que quando interpretou a astronauta Sanya, a atriz carioca tinha apenas 30 anos e estava no auge de sua beleza. Se o elenco não esbanja talento, também não chega a comprometer. Aliás, toda a limitação técnica e de orçamento, fato característico do chamado cinema B, é superada pelo empenho da equipe de Bava, que aproveitou ainda diversos cenários que eram sobras de épicos italianos rodados nos míticos estúdios Cinecittá de Roma (local onde foram filmados “Ben Hur” (1958), “Quo Vadis” (1949) e “A Doce Vida” (1960), de Fellini, entre outros grandes clássicos).

PLANETA DOS VAMPIROS
(Terrore nello spazio, Itália/Espanha, 1965)

Direção: Mario Bava.
Roteiro: Mario Bava, Alberto Bevilacqua e Callisto Cosulich.
Produção: Fulvio Lucisano, Samuel Z. Arkoff, James H. Nicholson.
Edição: Romana Fortini e Antonio Gimeno.
Desenho de Produção: Ryu Seong-hie.
Fotografia: Antonio Rinaldi.
Música: Gino Marinuzzi Jr..
Elenco: Barry Sullivan (Capitão Mark Markary), Norma Bengell (Sanya), Ángel Aranda (Wess), Evi Marandi (Tiona), Stelio Candelli (Brad), Franco Andrei (Bert), Fernando Villena (Dr. Karan), Mario Morales (Eldon), Ivan Rassimov (Carter), Federico Boido (Keir) e Alberto Cevenini (Toby Markary).

1966
– Dark Shadows estréia na rede ABC, na programação da tarde.[JGM]

– Maila Nurmi, participa de outro filme sobre vampiros chamado the orgy of night .[A:.]

– 6/6/66: Anton Lavey funda a Church of Satan nos Estados Unidos. [A:.]

– Estréia nos cinemas do filme A Profecia" [A:.]

– Filmado "Dracula: Prince of Darkness" com Cristopher Lee no papel de Dracula pela Hammer;

1967

– Abril: no episódio 210 de Dark Shadows, o vampiro Barnabas Colins faz sua primeira aparição.[JGM] A torturada e sedutora imagem de Barnabas Colins inspira e define os parâmetros da próxima geração de vampiros sedutores [MB] Desde reais e fetishistas, mas também na cultura norte-americana e européia[ A:.]

– O desenhista e quadrinista Eugenio Colonesse cria sua personagem Mirza, a mulher-vampiro em aventuras recheadas de erotismo; [A:.] Mirza, a mulher vampiro da segunda metade dos anos sessenta.´HQs;"Mirza, a Mulher Vampiro é um personagem brasileiro de histórias em quadrinho (ou Banda Desenhada em Portugal) criada por Eugênio Colonnese em 1967. Suas histórias pertencem ao gênero horror, que estava em voga durante a década de 60 no Brasil.A principal marca das histórias de Mirza é sua sensualidade, ousada em comparação com os padrões de sua época, talvez herança dos fumetti italianos (terra natal do autor). Nos anos 60 a linha divisória entre quadrinhos adultos e infantis era mais tênue, e não existiam projetos como o selo Vertigo ou Marvel Max. (Os quadrinhos americanos ainda estavam atrelados ao então rígido Comics Code Authority).

Mirela Zamanova é a sétima filha de um nobre polonês cuja linhagem foi amaldiçoada. Durante um incidente no qual quase foi estuprada pelo namorado da irmã, a maldição de sua família a transformou em uma vampira. Após a transformação adotou o nome de Mirza e passou a errar pelas grandes metrópoles do mundo, onde constantemente esbarrava com outros seres sobrenaturais, tanto hostis quanto amigáveis. Quando lhe convém se passa por modelo profissional e é sempre auxiliada por seu criado corcunda Brooks."

Criada em 1967 por Eugênio Colonnese, um dos mestres pioneiros da HQ nacional, Mirza é a personagem feminina mais conhecida do terror brasileiro. Inspirada na internacional Vampirella, a vampira brasileira povoou o imaginário de várias gerações de leitores, já que foi publicada em momentos distintos das décadas de 60, 70 e 80.

O verdadeiro nome de Mirza era Mirela Zamanova, uma condessa exuberante que se tornou um ícone não só do terror como também do erotismo nos quadrinhos. Suas aventuras se davam nos ambientes glamurosos das passarelas da alta moda e nas festas da elite brasileira, já que Mirza ganhava a vida como modelo internacional, sempre vestida (ou despida, é claro!) em trajes provocantes e muito muito sensuais… Em seu reinado de terror, Mirza visitou as maiores cidades do mundo, procurando suas vítimas indiscriminadamente entre homens e mulheres, e deixando uma verdadeira legião de "órfãos", candidatos eternos aos voluptuosos caninos da vampira.
Foi lançada em abril de 2008 pela Mythos Editora uma edição comemorativa dos 40 anos da personagem, entitulada Mirza, A Mulher-Vampiro. A edição traz duas histórias inéditas da personagem: "O Castelo do Terror" e "Assunto Entre Vampiros". Preço: R$19,90. Disponível em algumas bancas, em comics shops ou através do site da editora. Mirza CRIADA POR Eugênio Colonesse (1967) [colaborou neste verbete Ricardo Delfim]

– Nasce Popy Z. Brite, em sua carreira foi dançarna exótica na região de Los Angeles e autora de Dead Souls, um dos melhores livros já escritos sobre existência vampyrica e rock´n´roll; [A:.]


1968

– Publicado "Vampires, Werewolfs and Ghouls" de Benhardt J. Hurwood;[A:.]


1969

– Lançamento do primeiro filme de vampiros produzido no Brasil -UM SONHO DE VAMPIROS:Muito bem. este é o primeiro filme relacionável a temática vampírica que temos no Brasil. Em 1969, o mundo das chanchadas já fazia parte do passado, mas o cineasta Iberê Cavalcanti (1935-) decidiu levar a cabo um projeto de resgate das comédias populares carnavalescas, e, para isso, trouxe de volta Ankito (codinome de Anchises Pinto, 1923 -), um dos principais nomes das chanchadas, no longa-metragem UM SONHO DE VAMPIROS.

O filme, estrelado também por Irma Álvares (no papel de uma vampira) e narrado por Hugo. Carvana, contava a história do Dr. Pan (Ankito, então voltando às telas após um acidente que o debilitara por cinco anos), um velho cientista que vive obcuro, até que a morte lhe permite tornar-se um vampiro. Nessa condição, ele decide transformar todos os habitantes da cidade em sanguessugas – sobretudo os mais poderosos, como o delegado, o padre e o empresário. Então, dois jovens enamorados, Rosinha (Janet Chermont) e Camilo (Sonélio Costa), precisam ir à luta para que a vida volte ao normal.

Mesmo que o filme seja, no momento, inacessível, é possível fazer algumas inferências sobre UM SONHO DE VAMPIROS. Primeiro, que seu “resgate” das chanchadas dez anos depois do ocaso desse gênero brasileiro estava em consonância com outros movimentos, como o do cinema marginal, que vinham aproveitando a experiência paródica da chanchada em novos moldes, nos quais a cultura popular de massa era ressignificada de maneira mais anárquica e agressiva.

Outra inferência possível, decorrente da primeira, diz respeito a um certo “anacronismo” do projeto de Iberê Cavalcanti, justamente pela inocência do enredo. Mas o aspecto mais importante do filme – pelo menos no âmbito desta pesquisa – é o de ter promovido uma típica comédia de horror (isto é, uma comédia cuja história que descreve ameaças sobrenaturais que provocam medo e repulsa nos personagens), possivelmente a primeira do cinema brasileiro a assumir-se dessa forma.Infelizmente, apesar do valor histórico, UM SONHO DE VAMPIROS é, hoje, quase inacessível, não tendo sido possível assisti-lo ou obter detalhes seguros sobre seu enredo e desfecho. Certamente, trata-se de um tema relevante para estudos futuros.

Elenco e Equipe Técnica
Irma Álvarez
Ankito
Isaac Bardavid
Hugo Carvana
Janet Chermont
Sonélio Costa
Zuza Curi
Jorge Dias
Tuna Espinheira
Joana Fomm

Direção: Ibere Cavalcanti
Direção: Rubén W. Cavalloti
Roteiro: Ibere Cavalcanti

CONFIRA MATÉRIA ESPECIAL SOBRE UM SONHO DE VAMPIROS!

– O primeiro número de Vampirella, a história em quadrinhos de maior duração até hoje, é lançado.[JGM]

– Denholm Elliot faz o papel título na série Dracula, produção televisiva da BBC. [JGM]

– Does Dracula Really Suck? (Dracula and the boys) é lançado como o primeiro filme a apresentar um vampiro gay.[JGM]

– Republicação de "Vikram, The Vampire" de Sir Richard Burton; [A:.]

– Publicação do estudo psicológico de Philipe garden e Ken Mann, intitulado: " Vampirism: A sexual Study", em san Diego;[A:.]

– Lançado o filme "Dracula has risen from the grave" com Cristopher Lee;

 
   
 

– Marca o começo da Subcultura Vampyrica tanto da vertente Fashionista quanto da vertente da cosmovisão com os integrantes originais dinastia que viria a ser conhecida como Sahjaza nos tempos posteriores.

"(…)Os anos de 1970 e o Neopaganismo:É fato que os primeiros passos da vertente politeísta/panteísta da Subcultura Vampyrica, que chamamos de "proto-subcultura Vampyrica) serão dados entre os anos de 1972 e 1975.Haverá naturalmente inspiração e aproximação nos conteúdos informacionais disponíveis no período, bruxaria tradicional, Rosacrucionismo, Golden Dawn, Wicca, Druidismo, Carlos Castãneda aliados a bastante publicações sobre mitos romenos e vampirescos – ou temas afins (esta questão é explorada detalhadamente em meu primeiro livro).O fato mais interessante é nesta base, vieram a existir vampyricos e vampyricas politeístas ou panteístas e novos agrupamentos baseados inteiramente ou parcialmente no círculo inicial.(…)

– Christopher Lee estrela em El Conde Dracula, adaptação espanhola de Dracula.[JGM]

– Lançado o filme "Taste the Blood of Dracula " com Cristopher Lee;

– Sean Manchester funda The Vampire Research Society.[JGM] ;

– Lançado o filme "The Scars of Dracula" com Cristopher Lee;

– Re-Publicado "Vampire and Vampirism" de Wright Dudley, de 1914, em NY, dessa vz revisto e ampliado ;[A:.]

– Lançado no Brasil o curta-metragem Nosferatu no Brasil (1970)
Gênero: Curta-metragem Direção: Ivan Cardoso Ano: 1970
Duração: ? min Fonte: GORDIRRO, André; "Ivan Cardoso" in SET; Abril/2008
[colaborou neste verbete: Ricardo Delfim]

 
     
 
 

– A Marvel Comics lança a primeira cópia de um livro sobre vampiros pós-Código das Histórias em Quadrinhos, The Tomb of Dracula.[JGM]

– Morbius, o Vampiro Vivo, é o primeiro novo personagem introduzido após a revisão do Código que permitiu o reaparecimento de vampiros em histórias de quadrinhos.[JGM]

– O livro de "Jew of Seven Stars" de Bram Stocker se torna a inspiração do filme: "Bloody o­n the Mumy´s Tomb" [JGM]

-Lançado no Brasil o filme HOMEM-LOBO: O Ítalo-brasileiro Raffaele Rossi escreveu, dirigiu e estrelou uma fábula sabre a autoridade paterna e negligência familiar intitulada “O HOMEM LOB0” de 1971 com um professor que descobre que seu filho adotivo é um lobisomem que ataca mulheres num mato. Primeiro ele encobre os crimes e depois decide elimina-lo com a inevitável bala de prata.FONTE: CÉSAR "COFFIN" SOUZA

– Outro lançamento brasileiro é o filme O Macabro Dr. Scivano onde (…)O malévolo e insano doutor Scivano retorna para sua cidade natal, com o intuíto de espalhar o horror e o sobrenatural. O filme é uma estranha mistura de elementos da ficção científica com filmes de vampiros e ainda traz o exótico tempero do universo místico dos cultos religiosos AfroBrasileiros. Vale ressaltar que é um filme rodado com baixissimo orçamento.
"Scivano, um político fracassado que se envolve com macumba e em troca de riqueza se transforma em vampiro.Depois de reduzido à pó por uma cruz, um psicólogo decide que ele era apenas um paranóico (num final copiado de PSICOSE de 1960)."trecho extraído de César Coffin Souza

FICHA TÉCNICA:
Directors: Rosalvo Caçador, Raul Calhado
Writers: Raul Calhado (writer), Rosalvo Caçador (story)

 
     
 

– The Night Stalker, com Davis McGavin, se torna o filme de TV mais assistido até essa data.[JGM]

– Vampire Kung-Fu é lançado em Hong Kong como o primeiro de uma série de filmes de artes marciais vampíricos.[JGM]

– Lançado o filme "Dracula A.D 1972 " com Cristopher Lee;

– In Search of Dracula, de Raymond T. McNally e Radu Florescu, introduz Vlad, o Empalador, o Drácula histórico, ao mundo dos fãs do vampiro conteporâneo.[JGM]

– A Dream of Dracula, de Leonard Wolf, complementa o trabalho de McNally e de Florescu ao chamar atenção para a lenda do vampiro.

-True Vampires of History, de Donald Glut, é a primeira tentativa de juntar as histórias de todas as figuras históricas de vampiros.[JGM]

– Stephen Kaplan funda The Vampire Research Center.[JGM]

 
     
 

– A versão Dracula, da Dan Curtis Productions, apresenta o ator Jack Palance num filme feito para a TV.[JGM]

– Lançado o filme "The Satanic Rites of Dracula ou Count Dracula and his Vampires Brides " com Cristopher Lee;

– Vampires, de Nancy Garden, inicia uma onda de literatura juvenil para crianças e jovens.[JGM]

– Publicado o intrigante " Gypsy Demons e Divinities: The Magical and supernatural Pratices of gypsies" de E.B. Trigg em Londres;[A:.]

 
     
 

-Re-Publicação "Vampire and Vampirism" de Wright Dudley, em Detroit, dessa vez com o nome de The Book of vampires;[A:.]

– Neste ano uma equipe de produção da Suécia filmou um documentário baseado no livro "In Search of Dracula", de Raymond T. McNally e Radu Florescu. O filme teve a narração e a participação de Cristopher Lee no papel de Vlad (histórico);

– Lançado no Brasil o filme "QUEM TEM MEDO DE LOBISOMEN".Para eviter desentendimentos futuros:Sim! Eu sei que este não é um filme de vampiros, só que até hoje as poucas fontes sobre este filme que achei – sempre o colocam na categoria de filmes vampiricos do Brasil – devido ao fato de as pessoas naqueles tempos misturarem no mesmo balaio Vampiros e Lobisomens. Os personagens são figuras típicas do bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro, no caso dos rapazes que partem para o interior, em busca de aventuras. A certa altura, encontram uma jovem noiva deixada só na porta de uma igreja e, a partir de então, coisas estranhas começam a acontecer na fazenda onde se hospedam, inclusive o aparecimento de um lobisomem.
Humor, terror e psicologia estão na raiz de Quem tem Medo do Lobisomen? Que, segundo o cineasta Reginaldo Faria, "Procura uma forma de acentuar o medo e as projeções do personagens, que se assustam com idéias de outro mundo ou do mundo em que vivem".

Afirma Ely Azeredo, do "Jornal do Brasil", que Reginaldo Faria consegue realizar tais propósitos escapando sempre ao ridículo na manipulação deste elemento. E observa: "O cineasta não sai sem arranhões do encontro com o "Lobisomem", mais demonstra uma garra de agressividade cinematográfica "inesperada".

– Outro lançamento no Brasil é o filme:*O LOBISOMEM, O DEMONIO DA MEIA NOITE
"…outro Udigrudi típico de Elyseu Cavalleiro com edição caótica e diálogos surrealistas. Wilson Grey (em seu 1° papel principal) é um milionário que preside um culto no meio da floresta e se transforma em lobisomem (que mais parece um vampiro já que só seus caninos crescem…) até ser eliminado par uma figura mística vestida de branco.
Foi a melhor versão do mito, já que “QUEM TEM MEDO DE LOBISOMEM?” de Reginaldo Faria do mesmo ano, era uma comédia que tentava reunir um homem-lobo, fantasmas, vampiras e uma viagem no tempo, numa mistura confusa."FONTE: CÉSAR "COFFIN" SOUZA

 
     
 

"Este é o ano que sugerimos como os primórdios da Cena ou Subcultura Vampyrica Moderna;embora a mesma já estivesse em ação desde os anos de 1970 como foi comprovado em muitas fontes informativas internas deste meio."

– Fred Saberhagen propõe que se veja Drácula mais como herói do que como vilão em The Dracula Tape.[JGM]

– Fundadação formal do núcleo que virá a ser conhecido como House Sahjaza nos Estados Unidos por D. Rosemary e diversos integrantes – o grupo se reunia desde o começo desta mesma década – e sempre teve o neopaganismo como sua principal direção e fundamentação;

– Re-Publicação do estudo psicológico de Philipe garden e Ken Mann, intitulado: " Vampirism: A sexual Study", dessa vez em NY;[A:.]

– The World of Dark Shadows é fundada como a primeira fanzine Dark Shadows. [JGM]

– Cisão na Church of Satan leva Michael Aquino a criar o Temple of Seth; [e internamente criam o grupo de elite Order of Vampire][FSV] – …a Order of Vampire utiliza-se do arquétipo do vampiro como referência de Self Powering ou auto-ajuda para manipulação política. [MB] Este é um agrupamento que nunca teve nada a ver com idéias de uma protosubcultura ou mesmo da Subcultura Vampyrica.

 
     
 

– Christine Brady publica "Memoirs of a astral vampire",na Califórnia;[A:.]

– Publicação do livro Interview with the Vampire, de Anne Rice.[JGM]; Sem número de leitores ficam seduzidos e se auto-identificam com a imagem do arrogante vampiro Lestat [MB]…e do abnegado Loui e da mulher apisionada em um corpo infantil Claude. [A:.]

– Stephen King é recomendado para o World Fantasy Award por seu romance Salem´s Lot.[JGM] A hora do Vampiro, no Brasil [A:.]

– Shadowcon, a primeira convenção nacional Dark Shadows, é organizada pelos fãs de Dark Shadows.[JGM]

– Re-publicação de "Modern Vampirism: Its danger and how to avoid it" de A. Eaves Osborne no Reino Unido;[A:.]

– Stephen Kaplan publica através da Vampire research Society seu livro:
" In Pursuit of Premature gods and contemporany vampires" emLong Island, NY, USA;[A:.]

– A Editora Slavic Press lança " Vampires of Slav";[A:.]

– Cristopher Lee faz o papel de vampiro pela última vez no filme francês: "Dracula pére et fils"

 
     
 

– Uma nova e dramática versão de Dracula estréia na Broadway, com Frank Langella. [JGM]

– Louis Jordan faz o papel principal em Count Dracula, uma versão de três horas do romance de Bram Stoker, na TV BBC. [JGM]

– Martin V. Riccardo funda o Vampire Studies Society. [JGM] E inicia a publiação do Journal of Vampirism[MB] um periódico do grupo[A:.]

– Nos quadrinhos de terror brasileiros estréia Michélle, a Vampira sua origem vem de um lugarejo da França, a jovem Michèlle estava próxima de se casar, quando foi mordida pelo Conde Drácula. Porém, a moça tinha um problema mental que a tornava uma pessoa de dupla personalidade, e a doença a acompanhou mesmo após sua morte. Vez por outra, ela é má e sanguinária, e em seguida pode ficar doce, angelical e totalmente humana. Caçada pelo ex-noivo e perfurada no coração por uma faca de prata, Michèlle ainda consegue se esconder no porão de um navio, o qual fazia parte de uma invasão Francesa ao Brasil. Michèlle revive no Maranhão e aterroriza a população. Entretanto, obtém um inimigo à altura: o médico Francisco Palmeira
.Primeira publicação em 1977

 
     
 

– O livro Hotel Transylvania, de Chelsea Quinn Yarbro, junta-se aos volumes de Fred Saberhagen e Anne Rice como um terceiro grande esforço para iniciar uma reavaliação do mito do vampiro durante a década.[JGM]

– Eric Held e Dorothy Nixon fundam o Vampire Information Exchange.[JGM]

– No Brasil temos o lançamento do filme A DEUSA DE MÁRMORE:A ESCRAVA DO DIABO
"A mística história de uma mulher com 2000 anos de idade que conserva a juventude extraindo a vida de homens durante o ato sexual. Meio atrapalhada com as múltiplas funções, Maldanado pediu à Mojica uma mãozinha para acabar sua mistura de pornochanchada com terror. Mojica ainda fez um papel como o demônio “Seu Sete Encruzilhadas”. O único elogio que a obra recebeu foram seus créditos de abertura desenhados de forma arrojada por Akira irayama, artista que também faz uma ponta no filme."FONTE: CÉSAR "COFFIN" SOUZA

 
     
 

– Baseado no sucesso da nova produção da Broadway, a Universal Pictures refilma Dracula (1979), com Frank Langella. [JGM]

– A gravação pela banda Bauhaus de "Bela Lugosi’s Dead", torna-se o primeiro sucesso mainsteam da subcultura gótica.[batcave][A:.]

– Shadowgram é fundada como uma fanzine Dark Shadows. [JGM]

– Ian Woodward publica " The Vampire Delusion" em New York;[A:.]

 

 

 
     
 

– A Bram Stoker Society é fundada em Dublin, na Irlanda.[JGM]

-Richard Chase, conhecido como o Drácula assassino de Sacramento, Califórnia, comete suicídio na prisão. [JGM]

– A World Federation of Dark Shadows Clubs (atualmente Dark Shadows Official Fan Club) é fundada. [JGM]

– O livro de "Jew of Seven Stars" de Bram Stocker se torna a inspiração do filme: "The Awakening" [JGM]

– Durante a década de oitenta apareceu no Brasil o humorístico BENTO CARNEIRO, vampiro brasileiro, meio expressionista;por assim se dizer…"Minha vingança será maligna!" – Quem já ouviu esta frase pode até não se lembrar da origem, mas os fãs de Chico Anysio jamais vão esquecer de Bento Carneiro, o Vampiro Brasileiro, o único ser das trevas que morava "aquém do além adonde que veve os mortos"… O personagem, um vampiro atrapalhado, simplório e desprestigiado, foi criado pelo humorista na década de 80 e logo se tornou um dos maiores sucessos de seu "Chico Anysio Show". Sempre ao lado de seu fiel escudeiro, Calunga, Bento Carneiro fez do mito do Vampiro um veículo perfeito para brincar e ridicularizar, sempre com muito bom humor, as mazelas e contradições da sociedade brasileira.

 
 

– Entre os anos de 1980 e de 1981 tivemos a primeira novela de vampiros brasileira, que foi inspirada na obra Drácula de Bran Stocker, compartilho a seguir seu release e história da produção inspirado pelo site TeleDramaturgias:

UM HOMEM MUITO ESPECIAL(novela de 1981)
Um homem muito especial é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Bandeirantes e exibida de julho de 1980 a fevereiro de 1981 às 20h. Escrita por Rubens Ewald Filho e dirigida por Antônio Abujamra e Atílio Riccó.O lendário vampiro Conde Drácula deixa seu castelo na Transilvânia, partindo em busca de seu filho único, Rafael, levado quando criança pela ama Hannah. Usando o nome Vladimir, reencontra o filho, hoje um homem feito, e acaba se apaixonando apaixonando pela jovem Mariana, sua futura nora, neta da toda-poderosa Dona Marta.

ELENCO:
Rubens de Falco …. conde Drácula (Vladimir)
Carlos Alberto Riccelli …. Rafael
Bruna Lombardi …. Mariana
Cleyde Yáconis …. dona Marta de Matos Lacerda
Isabel Ribeiro …. Hannah
Sandra Barsotti – Mira Yara Lins ….
Olívia Paulo Castelli ….
Fernando Cláudia Alencar …. Alcina
Herson Capri …. Luiz Arlete Montenegro ….
Beatriz…

Esta novela começara a ser produzida pela TV Tupi, em seus últimos tempos, e estreara com o título Drácula – Uma história de amor, em fevereiro. Com apenas quatro capítulos levados ao ar, foi cancelada e, exatamente quando a Rede Bandeirantes investe na história e a reestréia, a Tupi fechava suas portas.A novela não alcançou o sucesso esperado porque teve diversas fases sem estímulo ao público. Na metade do trabalho, o autor Ewald Filho teve de se ausentar, sendo substituído por Jayme Camargo e, depois, por Consuelo de Castro.Um homem muito especial foi reapresentada em 1989.Cleyde Yaconis participaria, 11 anos depois, de outra novela vampiresca, desta vez de sucesso e memorável, Vamp.

MAIS HISTÓRIAS DE BASTIDORES: Com o processo de criação dos mais impecáveis, Um Homem Muito Especial só não teve repercussão por ter passado por diversas fases desestimulantes. Consuêlo de Castro terminaria de escrever a novela (que também teve capítulos escritos por Jaime Camargo) e transformou-a num bangue-bangue à brasileira. Ainda, ao final, outro obstáculo: o casal Carlos Alberto Riccelli e Bruna Lombardi não terminaria esse trabalho, sendo demitido da emissora sem que gravasse os últimos capítulos. A novela foi reprisada de 08/05/1989 a 19/01/1990, de 2ª a 6ª feira às 11 horas.

Bandeirantes – 20h de 21 de julho de 1980 a 7 de fevereiro de 1981
novela de Rúbens Ewald Filho
escrita por Rúbens Ewald Filho, Consuêlo de Castro e Jaime Camargo
direção de Antônio Abujamra e Atílio Riccó
supervisão de Wálter Avancini

DRÁCULA: UMA HISTÓRIA DE AMOR (novela de1980/81)
Uma telenovela produzida inicialmente na extinta TV Tupí (cerca de 4 capitulos) que foi adquirada e sequenciada na rede bandeirantes com o nome de um homem muito especial. O lendário vampiro Conde Drácula deixa seu castelo na Transilvânia, partindo em busca de seu filho único, Rafael, levado quando criança pela ama Hannah. Usando o nome Vladimir, reencontra o filho, hoje um homem feito, e acaba se apaixonando apaixonando pela jovem Mariana, sua futura nora, neta da toda-poderosa Dona Marta.

ELENCO:
RÚBENS DE FALCO – Vladimir
CARLOS ALBERTO RICCELLI – Rafael
BRUNA LOMBARDI – Mariana
CLEYDE YÁCONIS – Dona Marta
ISABEL RIBEIRO – Hannah
PAULO GOULART – Jonathan
FLÁVIO GALVÃO – Tonico
PAULO CASTELLI – Fernando
CLÁUDIA ALENCAR – Alcina
ANAMARIA DIAS
MARCOS PLONKA
MARIA HELENA STEINER
MATHEUS CARRIERI – Edu

DETALHES:
Provavelmente tenha sido inspirada no sucesso que o ator Frak Langella fazia naépoca na Broadway interpretanto o conde de Bram Stocker.O diretor Walter Avancini e o supervisor Alvaro Moya convidaram Rúbens Edwald Filho para escrever a trama. Acredita-se que a novela poderia ter funcionado, só que Avancini foi demitido pouco antes da novela estrear e dos dez capitulos escritos, apenas quatro foram ao ar – a novela foi suspensa devido ao final da emissora Tupí. Alguns poucos meses depois, a Bandeirantes adquiriu os direitos e a relançou com o título de um "Homem muito Especial" Rubens Edwald Filho re-escreveu os 10 primeiros capítulos. A trama ganhou
mais cenários, mais violência e mais nudez e mais atores.A trama foi gravada na maravilhosa cidade de Paranapiacaba.

INSPIRADO POR TELEDRAMATURGIA

 
     
 

– Regardie reinicia a Golden Dawn na América.


Harry Sean publica o livro " Werewolf and Vampire in Romanian Boulder" pela East European Monographies;[A:.]

– Lançamento do filme BANQUETE DAS TARAS” Segundo CÉSAR "COFFIN" SOUZA em sua nota sobre a produção:"…de Carlos Alberto Almeida, um escultor recebe uma visita da Transilvânia com uma missão: sossegar seu antepassado o Conde (Dracula??) no sepulcro de 500 anos fazendo sexo e sacrificando quatro mulheres."

– No Brasil temos o lançamento da personagem dos quadrinhos "Nádia a filha de Drácula"
"Nessa época, houve um fato curioso. Colonnese desenhou uma capa na qual Mirza aparecia com os seios à mostra. Zalla, temendo que a revista fosse recolhida das bancas (escaldado pela censura dos anos de chumbo que viu de perto), resolveu retocar a arte, cobrindo os seios da personagem com lápis dermatográfico. Quando Colonnese viu o impresso, ficou bravo. O resultado foi que o Zalla me pediu para criar uma outra vampira, nascendo daí a Nádia. Mas a rusga entre os dois artistas já foi há muito
resolvida", revela Antônio Rodrigues criador de Nádia.Primeira publicação 1982 na Mestres do Terror #33

 

 
     
 

– É lançado o filme The Hunger (Fome de Viver, no Brasil) provavelmente o primeiro filme a atribuir profundidade psicológica ao tema do vampiro. Outras pontos importantes deste que pode ser considerado um dos mais influentes filmes do gênero:

+ A participação de Peter Murphy cantando o hino " Bela Lugosi´s Dead";

+ Os vampiros eram interpretados por Catherine Denevue e David Bowie;

+ Estabelecimento oficial da relação entre a cruz egípcia ANKH e os Vampiros e também o momento oficial da associação do mesmos símbolo como acessório da subcultura gótica;

– Na edição de dezembro de Dr. Strange, o ás ocultista da Marvel Comics mata todos os vampiros do mundo, banindo-os assim das histórias em quadrinhos pelos seis anos seguintes. [JGM]

-É fundado o Dark Shadows Festival para anfitriar a convenção anual de Dark Shadows. [JGM]

 

 
     
 

– Circula em Palm Beach, Califórnia um livreto chamado: Vampires Are![A:.]

O ano foi marcado no Brasil por alguns lançamentos de filmes nacionais tais como o interessante OVERDOSE – BEIJO ARDENTE (U-Matic, 70 min, cor, 1984) Narra a história de um vampiro que, entediado, não suporta mais a monotonia da vida etema. Seu sossego é quebrado por uma arquiteta que quer fazer de sua casa – o gasômetro – um centro cultural e – suprema decadência – transforma-o num vampiro apaixonado.A necessidade de sangue fresco e os conseqüentes assassinatos chamam a atenção de um fotógrafo e um desenhista, que pretendem descobrir tudo de estranho que acontece no gasômetro
.[enviada por Karin Kreismann Carteri ]

DIREÇÃO: Flávia Moraes e Hélio Alvarez / DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Mari Gindri / CÂMARAS: Sadil Breda, Jorge Henrique, Beto Tormes / EDIÇÃO: Henrique Tartarotti, Jorge Clips, Aldo Bernardes, Voltaire Cabelleira / GERENTE DE PRODUÇÃO: Cristina Pillar / DIRETOR AUXILIAR: Saturnino Rocha / ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Marta Almeida e João Knijnik / CONSULTORIA: Norton Faria / DIÁLOGOS: Telmo Ramos / SOM: Carlos Couto / CENOGRAFIA: Fiapo Barth / FIGURINOS E MAQUIAGEM: Fernando Zimpeck / ABERTURA: Ricardo Carvalho, Tarso Riccordi e Ayres Potthoff / DESENHOS: Juska e Alvaro / EQUIPE DE PRODUÇÃO: Mazinho Botelho, Ana Fonte, Daisy Luchesi e Tati Castilhos.ELENCO: Andrea L’Abbate, Antônio Carlos Falcão, Pilly Calvin, Cláudia Meneghetti, Careca da Silva, Grupo Cem Modos e mais 34 atores gaúchos.
– Prêmio Especial do Júri no I FestRio. 1984
– 2º Lugar no 11 Festival Fotóptica-MIS de Vídeo Brasil, 1984, Troféu "Bicho da Goiaba" como o video mais bem-humorado desse Festival.CONTATO: FILM PLANET PRODUÇÕES BIBLIOGRAFIA: CG85

Outro lançamento foi o infâme AS TARAS DE UM MINI VAMPIRO”(1984)"…de Jose Adalto Cardoso que colocou a anão Chumbinho coma a personagem titulo, atacando casais em pleno ato de sacanagem e sendo caçado por um subnutrido Van Helsing nacional."FONTE: CÉSAR "COFFIN" SOUZA.

A pesquisadora Shirlei Massasput acrescenta que este é um:"Filme brasileiro de sexo explícito realizado na Boca do Lixo de São Paulo em 1987 e dirigido por José Adalto Cardoso. Quem fez o papel de vampiro foi o Anão Chumbinho que fez muito sucesso durante o ápice do cinema de sexo explícito nos anos 80… (Diz a lenda que ele fez mais sucesso ainda depois que largou essa vida e foi contratado para fazer papel do mascote Praga no Xou da Xuxa…)."

Sinopse: Em uma cidade do interior de São Paulo, um vampiro anão sedento de sangue aterroriza os casais quando fazem amor. O prefeito então decide explorar a imagem do vampiro para atrair turistas." Realmente infâme…

 
     
 

– Segundo o folclorista Norine Dresser, ocorre um famoso encontro entre uma jovem e um grupo d epraticantes do vampirismo[MB];

– Surgem relatos consistentes de pequenos grupos vampiricos e indivíduos que se identificam com o mesmo em seu cotidiano em ambas as costas [MB]

– Internamente da cena góthica de Los Angeles e New York, começa a se desenvolver distintamente esboços do que viria a ser uma cena vampyrica [MB]

– Publicação do livro The Vampire Lestat, de Anne Rice, que alcança a lista dos best-sellers.[JGM]

– Morre Israel Regardie; [A;.]

– Madeline X publica o controverso "How to Become a vampire in Six Easy lessons" em Chicago;[A:.]

– Sean Manchester, publica "The Highgate vampire: The infernal world of the undead unearthed at Londons Highgate cemetery and environs; [A:.]

– Hartford E.Jones publica " Vampirism in Philipnes: A Brief Description and Survey!";[A:.]

 
     
 

– Encenada em São Paulo uma das melhores montagens de Drácula no teatro de todos os tempos foi a DRÁCULA DE RAUL CORTEZ, nela o célebre ator Raul Cortez sobe ao palco para representar o Conde Drácula , colocado na Inglaterra, aonde chega acompanhado de sete caixões cheios de terra de cemitério, nos esconderijos entre uma e outra revoada noturna.Nos arredores de Londres interessa-se pela frágil Lucy Seward (Carla Camurati). O suspense toma lugar, depois que uma amiga da jovem morre sem nenhum motivo aparente, a não ser duas marcas no pescoço e uma anemia que desafiava
qualquer tratamento. Quando Lucy começa a sentir os mesmos efeitos, seu pai chama à Inglaterra o médico holandês Abraham Van Helsing (Sergio Mamberti). Especialista em doenças misteriosas, Helsing já chega munido de réstias de alho e hóstias consagradas.A princípio, o conde não leva a sério o inimigo, mas o médico holandês não desiste e, auxiliado pelo pai e pelo namorado de Lucy, consegue encurralar o vampiro.

Elenco:
RAUL CORTEZ é conde drácula
CARLA CAMURATI é lucy seward
SÉRGIO MAMBERTI é van helsing
JACQUES LAGOA é r.m renfield
OSWALDO CAMPOZANA é dr. seward
TÂNIA M.SECKLER é miss wells
ARIEL MOSHE é butterworth
LÍDIA BIZZOCCHI é draculete
RENATA GLLIOLI é draculete
THALES PAN CHACON é jonathan harker
MÔNICA VENDRAMINI é draculete
Autores Hamilton Deane / John Balderston
Diretor: Gianni Ratto
Cenografia: Gianni Ratto / Isabel Sobral
Locais: Teatro Brasileiro de Comédia
Teatro Cultura Artística • São Paulo • Brasil
Teatro Procópio Ferreira • São Paulo • Brasil
ESTEVE EM CARTAZ NA CIDADE DE SÃO PAULO EM 1986

– Lançado um desenho animado chamadoCONDE DRACULA NA TURMA DA MÔNICA(1986)"O Vampiro" mostra Mônica e Cebolinha às voltas com um vampiro que, desesperado com as coisas que a garotinha dentuça lhe faz, decide voltar para o túmulo e dormir por mais 100 anos."Personagem do episódio O Vampiro do longa-metragem para cinema As Novas Aventuras da Turma da Mônica de 1986, dirigido por Maurício de Souza.
[colaborou neste verbete: Ricardo Delfim] Duração [longa-metragem]: 56:00 min
Duração [episódio]: 6:34 min

– Estréia o filme brasileiro de comédia vampiresca chamado "As sete Vampiras ".Em sua história um Botânico perde o controle sobre uma planta carnívora de origem africana, que transforma suas vítimas em vampiros. Paralelamente, um detetive desastrado e sua secretária são contratados para desvendar uma onda de assassinatos em série, que ameaça os bastidores do show de uma boate.

– Pegando carona na cauda-do-cometa, o ano terminou com este infâme lançamento:

Manual Prático do Vampirismo (1.a edição)
autores:"Toninho Buda", Paulo Coelho e Nelson Liano Jr.

De fato, uma aula prática de roubo de vitalidade (leia aqui: Paulo Coelho botou Toninho Buda para escrever quase que o livro inteiro em cinco dias, lançou no mercado – citou o colega Nelson Liano Jr e omitiu completamente a participação do Toninho Buda do livro. Como se não bastasse ainda em 1989, Paulo Coelho tirou o livro de circulação dizendo que o livro era péssimo – leia tudo isso aqui

De fato o livro é péssimo. Inconsistente, invencionista, sem aprofundamento algum e calcado em um irritante tom de "é um mistério…você só saberá na hora certa", que podemos traduzir livremente como "não tenho a mínima idéia, não tenho material de pesquisa e em cinco dias não dá para escrever ou pesquisar nada que realmente preste sobre tema". O aspecto péssimo de tudo isso foi a atitude "vampírica chulíssima" do mago Coelho.
Um livro ruím, não significa que o autor tenha uma má indole ou não tenha conhecimento em outros temas. Tenho certeza que Toninho Buda conhece muito bem outros temas, seus outros livros e trabalhos em outros temas comprovam isso. Mas infelizmente, no tema vampírico este livro entra no hall das maiores baboseiras já escritas – sendo comparável apenas ao livro "meu encontro com drácula da década de00".

Existe muita boataria sobre este livro e muitas pessoas que tentam criar algum "happening" em torno dele, pelo fato de ter sido tirado de circulação e de ser considerado popularmente como uma obra rarissima. Quando alguém consegue uma cópia, é comum lermos pela net algum exageros românticos de vendedores que enviaram livro sem o remetente e outros folclores a "la necronomicon". O fato é que ele já existe para download na internet e com um pouco de sorte você encontra ele em sebos ou livrarias de estações rodoviárias (eu comprei um assim!)

O livro só entrou nesta cronologia pelo ato "chocante" de alguém lançar no Brasil do meio da década de oitenta um livro chamado "manual prático do vampirismo". Naquela época a tascanhice da cultura dominante era tanta que homem com maquiagem era taxado de homosexual, roqueiro de drogado, mostrar na tv o desenho do aparelho reprodutor feminino causava discussões de meses em jornais e revistas e etcs…publicado no Brasil em 1986

 
     
 

– O Horrors Writers of America institui um conjunto de prêmios anuais batizado como BRAM STOCKERS [JGM]

– Re-Publicação "Vampire and Vampirism" de Wright Dudley, no reino Unido;[A:.]

– Em algum momento da década de oitenta é publicado no Brasil o livro:

NA MIRA DO VAMPIRO
Coleção:
VAGA-LUME JUNIOR
Autor: SANTOS, LOPES DOS
Editora: ATICA
Assunto: INFANTO-JUVENIS – LITERATURA JUVENIL

Duda convence seu amigo Toninho a participar de uma investigação – descobrir tudo sobre um terrível vampiro à solta na cidade. Sim, coleção Vaga-lume, deve ser de algum momento perdido da década de oitenta ou quem sabe setenta…

 
     
 

– Ano em que existe uma superprodução de fanzines e pequenas publicações de vampiros desde cinematográficos a reais, pela cena góthica. [MB]

– A editora da universidade de Yale publica "Vampires, burial and death: Folklore and reality" de Paul Barber;[A:.]

– Publicado o interessante estudo " The Weeding of the Dead: Ritual Poetics and Culture in transylvanian" de Gail Kligman;[A:.]

 
     
 

– Formação da banda gótica/darkpagan Inkubus Sukkubus [A:.]

– A derrubada do ditador romeno Nicolae Ceaucescu abre a Transilvânia para os fãs de Drácula. [JGM]

– Nancy Collins ganha o Bram Stoker Award por seu romance Sunglasses After Dark. [JGM]

– A Temple of Vampire passa a ensinar métodos de vampirismo astral e psiquico. Ela também clama ser umaigreja reconhecida pelo governo norte-americano [MB]

– /Londres: O Livro "The Lair of White Worm" de Bram Stocker é re-impresso; Neste mesmo ano ganha uma versão cinematográfica dirigida por Ken Russell [JGM]

– A editora Slavica Publishers lança "The Darkling-A treatise on Slavic Vampirism";[A:.]

– No Brasil, esta década é marcada pelas publicações infantís Turma do Arrepio e pela criação do personagem Zé Vampir da turma da Mônica, pelos estúdios do Maurício de Souza:

A "Turma do Arrepio":História em quadrinhos, criação de César Sandoval, publicada pela Editora Globo entre os anos de 1989 e 1993, durando 43 edições mensais e 1 almanaque. Nesta turminha encontramos "Draky" Vampiro intelectual da turma, não bebia sangue, mas um refrigerante de nome Red-Cola. Outros Personagens: Medeia, a bruxa; Tuty, a múmia; Stein, o monstro de Frankenstein; Luby, o lobisomem e Belfredo, o morcego.A série foi adaptada para a televisão pela extinta [colaborou neste verbete: Ricardo Delfim];

"Zé Vampir" o site do artista expressa:"Quem é que nunca se divertiu com as histórias da Turma do Penadinho, escritas por Maurício de Souza? Pois essa galerinha de arrepiar não poderia deixar de ter o seu Vampiro.Ele se chama Zé Vampir e é cheio de classe… Ao contrário dos outros personagens do cemitério, como o Cranícola, Muminho, Lobisomen e a Dona Morte, que normalmente usam apenas trapos ou lençóis (afinal, são fantasmas!), o nosso menino Vampiro se inspirou nos elegantes sanguessugas do cinema para compor o seu visual: smoking, gravata borboleta e uma elegante capa!Como a maioria dos Vampiros, Zé Vampir também pode se transformar em um simpático morcego, coisa que faz sempre quando quer assustar alguém. Apesar disso, Zé Vampir é um Vampiro camarada, e nunca leva seu apetite por sangue às últimas consequências. Na verdade, o morceguinho sempre acaba preferindo alguma guloseima à base de morango ou groselha, bem vermelhinha…"

– Uma curta-metragem brasileiro bem legal deste ano foi o "VLAD" conta a história de um "(…)garoto tem uma visão de si próprio na floresta, amarrado em uma árvore, num estado beirando a morte, e então encontra Vlad, que transformará sua premonição em realidade.Havia a idéia de se fazer um filme sobre o sanguinário tirano medieval Vlad (que inspirou Drácula de Bram Stoker), que torturava seus inimigos em escuros calabouços. Não havia se desenvolvido essa idéia em um enredo até que em um dia de julho resolveu-se improvisar um Quick Movie.

A estória foi desenvolvida em parceria, e em cerca de meia hora estava completa. Foi algo estimulante: as idéias de um – com descrição pictórica – puxavam a imaginação do outro, e vice-versa. O resultado desse brainstorming foi um enredo engenhoso.

A temática fantástica envolve dimensões paralelas, através das quais um dos personagens tem visões de si próprio preso a uma árvore, num estado beirando a morte. Assustado, ele sai a procura de seus amigos, e acaba confrontando-se com Vlad, por quem é preso e torturado, e em seguida levado à mesma árvore, onde vê a si próprio no passado, na mesma cena anteriormente mostrada, mas observada agora de outro ponto de vista no tempo.Mas ter uma boa idéia é uma coisa, e transformá-la em um bom filme é outra. O resultado não foi um filme bem feito.

O enredo foi respeitado, assim como alguns detalhes e idéias secundárias, mas as idéias para a concepção pictórica em sua grande maioria foram negligenciadas, e elas de certa forma constituiam parte da estória. Durante a concepção do enredo, imaginou-se vários quadros cuja composição dramática os tornariam pontos fortes do filme; mas, com raras exceções, os planos filmados não seguiram a composição originalmente imaginada. A idéia original era utilizar uma casa em construção como uma das locações, e improvisar ali alguns instrumentos de tortura. Apesar de ter se deixado para rodar o filme na noite do dia seguinte, não se providenciou os tais intsrumentos nem se utilizou a casa como locação tampouco. O filme foi basicamente produzido com pouquíssimos recursos.
Houve também absurdos erros no uso da linguagem cinamatográfica, pois regras básicas foram desobedecidas, principalmente no que se refere à linha-de-visão. Como resultado, o filme ficou extremamente confuso. (Esses erros poderiam ser corrigidos digitalmente, por flipping).É um filme escuro, mas sem efeitos dramáticos de iluminação em especial. A música Atmosphere de Joy Division acrescenta uma atmosfera devidamente macabra, apesar de manter o ritmo lento demais."Informações obtidas junto ao release dos autores do curtametragem.

Nota de Lord A:. – Tive o privilégio de assistir esta obra durante a primeira edição do Festival de Cinema de Bordas no Espaço Cultural Itaú no ano de 2010

Informações Gerais
Data de Filmagem: 6 de julho de 1989
Data de Edição de Video: 7 de julho de 1989
Data de Edição de Audio:
Duração: 5min
Atores: Adriana Meirelles de Paiva Meira
Guilherme de Rossi
Luciana Huertas Arnaez
Patricia Guzman
Ricardo Nori Gáudio
Rodrigo Lemes
Trilha Sonora: Atmosphere (Joy Division)

 
     
 

– Considerado o ano em que finalmente se estabelece de forma marcante e estruturada as pequenas publicações vampiricas.[MB]

 
 
 

Na televisão brasileira o grande destaque ficou por conta da telenovela VAMP (NOVELA DE 1991)
A novela "Vamp" foi um fenômeno espetacular de audiência entre a garotada da época.Foi uma trama altamente marcante na memória do telespectador brasileiro graças ao seu grau de inovação na dramaturgia, foi uma grata surpresa no universo das novelas. Uma das façanhas da trama foi seu alto índice de audiência, superando inclusive o Jornal Nacional e novela das oito, tradicionais carros-chefes do horário nobre. Vamp teve média geral de 53 ponto . A novela de Antonio Calmon deixou o Jornal

Nacional e a novela das 8 da época, O Dono Do Mundo, no chinelo. Enquanto o jornal marcava 51 pontos, a novela de Gilberto Braga marcava apenas 47 pontos, índice considerado baixíssimo pra uma novela das 8 na época." FONTE OHANAWEB

Em Armação dos Anjos, litoral do estado do Rio de Janeiro, o capitão reformado Jonas Rocha, viúvo com seis filhos, casa-se com a historiadora Carmem Maura, também viúva e com seis filhos. Eles terão problemas inéditos, além daqueles comuns a uma família numerosa, ao entrar em contacto com os vampiros que assolam a cidade com a chegada da famosa cantora Natasha para a gravação de um clipe.

Natasha, uma cantora de rock, vendeu sua alma ao terrível Conde Vladymir Polanski, chefe dos vampiros, para brilhar na carreira. Mas ele descobre que em encarnações passadas ela era Eugênia, o seu amor, que preferiu ficar com Rocha, a outra vida do Capitão Jonas. O conde passa então a perseguir Natasha e a família do capitão, inclusive usando de seus poderes para envolver Carmem Maura.

Natasha, por sua vez, quer destruir Vlad para se livrar de sua maldição. A única arma de que dispõe para isso é a Cruz de São Sebastião, que está escondida em algum lugar em Armação dos Anjos. A cruz deve ser manejada por um homem chamado "Rocha". O herói é portanto o Capitão Jonas.

Também está em Armação o bandido Jurandir, fugindo de Cachorrão, um líder de marginais que Jurandir assaltou por engano. Na cidade, ele se esconde nas vestes de um padre, fica amigo da garotada e recebe o apelido de Padre Garotão. A batina, no entanto, não é tropeço para seu louco namoro com Marina, a protegida de Cachorrão. FONTE WIKIPÉDIA

EMISSORA:TV GLOBO
ESTREOU EM 15 DE JULHO DE 1991
TERMINOU EM 8 DE FEVEREIRO DE 1992
FOI AO AR SEMPRE POR VOLTA DAS 19H
DURAÇÃO DOS CAPITULOS:60 MINUTOS
TEVE CERCA DE 179 CAPITULOS
NOVELA DE ANTONIO CALMON

*DESTAQUE PARA A VERSÃO TUPINIQUIM DE SYMPATHY FOR THE DEVIL DOS ROLLINGS STONES CANTADA POR CLÁUDIA OHANNA E PARA AS ARTES DO FINAL DE CADA EPISÓDIO.

– O desenhista brasileiro Otávi Carriello desenha os personagens de Anne Rice, tais como o vampiro Lestat entre outros e é amplamento elogiado pela autora [colaborou Ricardo Delfin]
Otávio Carrielo desenhou a adaptação para quadrinhos de "Rainha dos Condenados" de Anne Rice utilizando nos personagens de fundo caricaturas de personalidades da política brasileira na década de noventa. Suas artes foram elogiadas pela própria Anne Rice. Octávio Cariello participou da adaptação do livro de Anne Rice na mini-série em 11 edições da Innovation Comics entitulada Anne Rice’s Queen of the Damned. A mini-série foi lançada nos Estados Unidos em 1991.Cariello participou das seguintes edições:

– Número 3
Título da História: Não fornecido
Texto…….: Cynthy J. Wood
Desenhos: Octávio Cariello
Arte-final.: Octávio Cariello

– Números 4 a 11
Título da História: Não fornecido
Texto…….: Faye Perozich
Desenhos: Octávio Cariello
Arte-final.: Octávio Cariello

Fonte: http://www.comics.org

Onde encontrar: http://www.mycomicshop.com Obs.: não nos responsabilizamos pelas transações comerciais feitas entre seus membros e terceiros;publicado em 1991 nos EUA

– Encenada a peça teatral VAMPIRIA entre os anos de 1990 a 1993 mais conhecida como
Vampíria de Tacus
– direção de Carlos Gregório, no Teatro de Lona da Ilha do Governador, RJ. Seu elenco contou com a participação do ator e autor paulista Dionisio Azevedo.As informações disponíveis são bem escassas mas ela esteve em cartaz entre os anos de 1990 e 1993 – Vampíria – Texto: Aloízio Azevedo (Tacus) – Direção Paulo Moraes, Personagem:
Roberto Haathner:Vovô Vlad

“VAMPÍRIA” conta a história da última família de vampiros da Transilvânia que, em virtude de sua decadência são explorados pelo Presidente da Valáquia. Obrigados a trabalhar como “vampiros de demonstração“ em seu próprio Castelo, a família torna-se uma atração turística bastante rentável para engordar os cofres do Governo Valaquiano. Depositam em seu filho caçula as suas últimas esperanças para salvar a família VOIVODA e perpetuar a linhagem dos VLAD TEPES.

– Ohio/ A autora Michelle Bellanger assinala como seu ponto inicial na cena.[MB]

– Katherine Ramsland lança " Prism in the Night: A Biography of Anne Rice" [A:.]

– Vampire: The Masquerade, o mais bem sucedido role playing game (RPG), é lançado por White Wolf.[JGM] Com influências pesadamente extraídas de Anne Rice[MB]… o livro estabelece um ambiente rico de referências visuais e literárias que rapidamente ganha a cena góthica, e tambémpessoas que sempre imaginaram como seria ser um vampiro.[A:.]

– Michelle Bellanger lança a revista Shadow Dance dedicada a cena vampirica; [MB]

-David Farrant publica Beyond the Highgate Vampire, baseado no caso do Vampiro de Highgate, em Londres;[A:.]

– Rosemary Guiley publica seu livro "Vampie Among Us", em New York;[A:.]

– REPUBLICAÇÃO DE "The Highgate vampire: The infernal world of the undead unearthed at Londons Highgate cemetery and environs" de Sean Manchester;[A:.]

-Carol Page, publica o intrigante "Bloodlust: Conversations wirh Real Vampires" em NY;[A:.]

– Re-Publicação "Vampire and Vampirism" de Wright Dudley, dessa vez como " History of Vampires" em NY;[A:.]

Enquanto isso na televisão brasileiro a "TURMA DO ARREPIO" e seu teleteatro infantil com os conhecidos personagens das histórias em quadrinhos.Esteve no ar durante algum tempo na fase final de atividades da extinta tvmanchete. Um de seus personagens era o vampiro intelectual chamado Draky.Outro vampiro-mírim contemporâneo foi a produção Draculinha: A Vida Acidentada de um Vampirinho que estreou um VHS com a peça de teatro que recebeu 15 indicações ao prêmio APETESP/92, sendo ganhadora em seis categorías.[enviado por Shirlei Massasput]

Ficha técnica:
Autoria: Carlos Queiroz e Eneas Carlos Pereira Direção: Maximiliana Reis
etc.Tanto a peça quanto o VHS foram baseados no livro homônimo.

 

– Re-lançamento do infâme:

Manual Prático do Vampirismo (2.a edição)
autores:Nelson Liano Jr.
editora:Record

É… A bobagem não tem limítes! Depois da história de picaretagem, apropríação de idéias indevidas e sem a concessão dos devidos créditos da primeira edição que rolou em 1986. No ano de 1991 tivemos o relançamento do Manual Prático do Vampirismo. E novamente Toninho Buda dançou nos créditos – ô azar! Esta edição ficaria muito bem na seção de literatura fantástica e ficção ou quem sabe na parte de poesias de iniciantes.

O livro sustenta aquela história anacrônica insuportável de querer chamar tudo quanto é ser do folclore ou da mitologia de vampírico. Você encontra aqui. parágrafos tenebrosos colocando temas como a Bruxa e o Sabá como festa exclusiva do vampiro do folclore.Outros pontos bem tétricos é que durante o livro só existe o cristianismo e o que não é cristão é de satanás Mulheres que dormem com mulheres são antinaturais – e não envelhecem(!) Homens que dormem com homens são antinaturais e envelhecem mais rápido(!) Tudo que se relaciona ao vampirico ou a bruxaria são correntes astrais malignas indenfensáveis. E ainda mais outros quinhões de preconceitos e insultos a qualquer leitor que realmente ame o tema vampirico independente da sua vinculação ser apenas estética ou da Subcultura Vampyrica.

E ainda tem mais páginas de anacronismo, dicotomia excessiva, egotrips intermináveis e uma narrativa ficcional extremamente mal-elaborada – daquelas feitas para enrolar e de livro de mistério de quinta categoria -Nesta edição percebemos claramente como o próprio autor não tem referencial para aprofundar ou desenvolver o tema – colocando tudo que pode como "é um mistério" ou é "indescritível" ou ainda "é secreto" e "se eu revelar"…"tenho que pedir permissão ao mestre…" Será que o tal mestre era o Mago Coelho…aquele mesmo que usava a desculpa de ataque das forças das trevas para se trancar com uma amiga no chuveiro – conforme narrado em seu bestseller?Se ele tivesse sido lançado como ficção ou poesia eu deixaria passar.

Penso que um livro assim retrate claramente a ótica brasileira do período e o tom empregado sobre o tema nas ditas publicações do gênero daqui . Época em que o público brasileiro não tinha acesso fácil a tradução ou a importação efetiva de livros com aprofundamento e que desenvolvessem temas como neopaganismo, bruxaria, mitologia, folclore vampírico – de forma própria e não sob o ponto de vista negativo do cristianismo que sempre repudiou tais assuntos.Neste período nem mesmo os escritos de Anne Rice eram conhecidos por aqui.`Publicado no Brasil em 1991

 
     
 

– Popy Z Brite publica seu primeiro livro Lost Souls; Em seus trabalhos ela retrata uma cena vampyrica, extremamente fiel em sua conceituação ao que ocorria internamente a mesma, mas utilziando elementos ficcionais.[MB] …Embora ela não seja tão popular como Anne Rice, eis uma autora que fez falta nas publicações do gênero no Brasil; [A:.]

– Devido ao suscesso de vendas é lançada a seguda prensagem de Katherine Ramsland " Prism in the Night: A Biography of Anne Rice" [A:.]

– 06/11- Paralelo aos jogos Vampire The Masquerade e seus primeiros jogos Live Action, Gregger & Sunshine (StrangeBlades) começam a idealizar na prática como seria vivenciar uma subcultura totalmente imersa no arquétipo vampirico desde o visual, a postura e o espiritual em New Jersey;[FSV]

– Estréia a série de tv Forever Knight, um misto bem elaborado da cena vampyrica real na época, livros da Anne Rice e do suscesso editorial Vampire The Masquerade[MB]

– Estréia Bram Stoker´s Dracula, dirigido por Francia Ford Coppola.[JGM]

– Andrei Chikatilo, da Rússia, é condenado à morte após matar e vampirizar cerca de 55 pessoas. [JGM]

-Publicado " Cats, bat and Vampires" de Jan Perkowski;[A:.]

– Publicado em NY um livreto de 14 páginas chamado "Daemon Contamination in Balkan Vampire Lore";[A:.]

– A Dracula Press publica " The Vampire as a Revenant"[A:.]

– Richard Noll publica o corajoso estudo " Vampires, Werewolves and Demons: 20th Century Report in Psychiatric Literature;[A:.]

 
     
 

– Ohio/ Michelle Bellanger trabalha no International Vampire Society;[FSV]

– Katherine Ramsland lança "The Vampire Companion: The Guide to Vampire Chronicles" ; [A:.]

– Flórida/ Lady DarqRose torna-se figura pública ao expor seu estilo de vida vampírico na mídia;[FSV]

– New York/ Steven Lessing, da VAL (Vampiric Access Lines) trabalha duro, em fornecer informações e recursos variados para vampiros;[FSV]

– Brasil/ Lord A:. define sua entrada na cena alternativa nesse ano.[A:.]

– 1/11/ Vampire The Masquerade se torna um jogo popular e começa despertar a atenção pública e torna-se comum em encontros desses jogos-encontrar pessoas que se denominavam " Strigoi Vii" que geralmente apenas observavam ou assistiam aos mesmos para procurarem por pessoas de pensamentos e idéias semelhantes;[FSV] Principalmente quando os jogos eram ambientados em clubs góthicos nos Estados Unidos.[FSV]

– Father Sebastian V assinala ese ano como o começo de suas atividades na cena vampirica.[MB]

– Os jogos Live Action de Vampire The Masquerade se tornam uma febre nos Estados Unidos![MB]

– Shelley Hunt e Jeanne Keyes Youngson publicam "Do Vampire Exist?" para a Dracula Press em NY;[A:.]

– Hugo Nutini e Roberts John publicam o estudo " Bloodsucking Witchcraft: An Epistemological Study of anthrophomorfic Supernaturalism in rrual Tlaxcala" pela editora da universidade do Arizona;[A:.]

 
     
 

– Surgem publicações [revistas, livros, zines] abertas e periódicas de vampiros para vampiros fora do underground; Dentre elas se inclui a The Dark Rose Journal e a The Journal of Dark;[MB]

– Estabelecimento da Transylvanian Press, uma das principais editoras de livros limitados voltados para a cena vampírica; Entre suas inúmeras conquistas está a re-publicação de uma versão reduzida de Dracula de 1904 com grifos do próprio Bram Stocker;

– Steven Lessing estabelece adequadamente a Vampire Access Line para reunir e unir os Vampiros de New York e arredores; [MB]

– Katherine Ramsland publica " The Anne Rice Trivia Book" seu livro de trivias sobre o universo de Anne Rice;[A:.]

– New York: É Fundado a Sabretooth do encontro dos fangsmiths FatherSebastian V e Dnash [Localizado em Forest Renfaire, Tuxedo, NY] [FSV]

– Katherine Ramsland lança " The Wytches Companion: A guide to the Anne Rice´s lifes of the Mayfair witches " [A:.]

– Fundação da Sabretooth que posteriormente se tornaria a Sanguinarium; [MB]

– Dr. J. Gordon Melton publica a primeira edição do " Livro dos Vampiros, a enciclopédia dos mortos vivos" , que acaba por se tornar uma fonte de referência sobre vampiros na cultura de massa, folclore e afins; [MB]

– A versão cinematográfica de Interview with the Vampire, de Anne Rice, estréia com Tom Cruise no papel do vampiro Lestat e Brad Pitt como Louis.[JGM]

– Outro lançamento de literatura fantástica no Brasil é o:

VAMPIRO
Autor:
TRIGO, LUCIANO
Editora: ILUMINURAS
Assunto: LITERATURA BRASILEIRA
Um estranho romance sobre xadrez, saxofone, mulheres e jornalismo. Assim pode ser resumido Vampiro, retrato bem-humorado, mas nem por isso superficial, de uma geração.

 
     
 

– Na cidade de São Paulo é encenada montagem teatral chamada "Nas Trilhas da Transilvânia" elaborada e coordenada pelo polêmico diretor e dramaturgo Brasileiro Antunes Filho foi exibida na cidade de São Paulo no ano de 1995;esteve em cartaz no ano de 1995

– Lançado no Brasil uma obra indispensável:

Em Busca de Drácula e Outros Vampiros
Autor:Raymond McNally & Radu Florescu
Editota: Mercuryo
Assunto: Pesquisa Histórica

A releitura do mito de Dracula começou neste livro. Ele apresenta de forma rica, pesquisada Vlad II da Wallachia, príncipe cruel e guerreiro que vivia na Transilvânia, e foi um dos mais celebrados e amaldiçoados regentes daquele país. O livro apresenta de forma completa e sem julgamentos de valores a pessoa histórica e exemplifica que o personagem do romance Dracula foi construído e em partes inspirado neste governante e no folclore que o rodeia – mas também deixa claro que os dois não são a mesma pessoa. O livro traz a lenda e a história real, além de um roteiro turístico dos domínios de Drácula e uma filmografia completa. Obrigatório na prateleira de todo fã do personagem literário!

NOTA DO EDITOR DESTA CRONOLOGIA:
I-N-D-I-S-P-E-N-S-Á-V-E-L! Para todos aqueles que nutrem apreço e admiração tanto pelo personagem inventado por Bran Stocker para seu romance Dracula. Ccomo para aqueles que desejam conhecer a história do voivode romeno do começo da idade moderna que serviu de fundo histórico para o personagem do Stocker! Bem que alguma editora poderia ler este site e re-lançar no mercado o livro.Publicado no Brasil em 1995

– A Grande influência dos vampirescos da década de noventa foi a:

O Livro dos Vampiros: Enciclopédia dos Mortos Vivos
AUTOR: J.GORDON MELTON
EDITORA: MAKRON BOOKS
TRADUTOR:James F. Sunderlank Cook

Este livro é norte-americano e foi traduzido e lançado no Brasil, como uma atitude pioneira que revolucionou o enfoque e a abordagem da temática vampírica em 1995.Pela primeira vez aqui no Brasil os apreciadores da temática vampírica tiveram acesso fácil a uma grande gama de informações aprofundadas sobre aspectos culturais, estéticos, artísticos e folclóricos da temática vampírica.Pela primeira vez o tema foi tratado com a merecida maturidade e de forma relevante a influenciar positivamente e a inspirar uma nova geração de escritores e pesquisadores.

Infelizmente, ele foi superficial na abordagem do tema Subcultura Gótica e mal falou sobre a Subcultura Vampyrica que era algo ainda "pouco" divulgado na época da pesquisa e compilação de seu conteúdo. Inclui fontes, filmes e suas fontes bibliográficas, dramas: peças, ópera e balé, romances, índice analítico e notas ao pé das suas quase 1072 páginas(!). Sem dúvida alguma um marco no mercado editorial relacionado ao vampírico em todos os países em que foi lançado.Publicado no Brasil em 1995

– Em São Paulo é lançada a quinta edição do romance juveníl "Os Noturnos":

OS NOTURNOS
AUTORA:Flávia Muniz
Editora: Moderna

Misterioso livro encontrado por André, na biblioteca, o leva ao antigo parque na esperança de satisfazer seu desejo de conhecer um verdadeiro vampiro. Amor, sedução, terror. Experiência impressionante vivenciada por um garoto que enfrenta o desafio de crescer.

André é um garoto de 13 anos que desde pequeno tem uma atração pelo sobrenatural. Possui um misterioso livro que fala sobre os vampiros e rituais mágicos. O parque próximo a sua casa é a moradia de um grupo de vampiros, cujo líder se chama Hiram. Hiram se apaixona por Ana Paula, irmã de André, e se vê às voltas com Luke, membro da gangue que se rebela contra as regras do grupo. André conhece Hiram, que lhe explica o porquê de todo o seu interesse pelos vampiros. André seria um possível eleito, um futuro membro da sociedade deles. O garoto se empolga com a história, apesar do medo, e conhece melhor o mundo dos mortos-vivos e suas responsabilidades. Luke vai juntando forças e planeja destruir Hiram, com as magias que ele aprende com um mestre oriental. Luke assume a forma de Hiram e tenta violentar Ana, que se mata. Depois de muitas peripécias, Hiram desaparece. O final mostra André, anos depois, seguindo em seu caminho de guardião, indo em busca do desaparecido mestre Hiram.Em 1995 já estava na quinta edição(!)

– Na cidade de Curitiba é encenada pela primeira vez a peça "A casa do terror" onde o Mestre das Trevas, precisava de uma virgem para aplacar a sua ira pela humanidade. Só com uma virgem nos braços ele poderá deixar em paz todos na face da terra. Uma doce velhinha, moradora dessa CASA, conta para a platéia, toda a sua dor e desespero de estar ali. Ela narra como foi parar ali dentro e todo o sofrimento que passou e ainda passa.

A velhinha a primeira virgem volta no tempo e mostra como tudo aconteceu. Por ordem do MESTRE, os moradores da CASA, saem em busca da VIRGEM. O Vampiro, sempre enrolado, trás algumas mulheres nadavirgens para a casa, e acaba as transformando em Vampiras. Até que sem querer, atrai a VIRGEM para a CASA. Ai a confusão está feita! Mortos vivos, vampiros e seres das trevas fazem de tudo para ter certeza que a menina é realmente virgem! Até que se comprova e o mundo está salvo. E a menina acaba indo parar nos braços do MESTRE. A velha , que um dia foi virgem conduz a narrativa até o final, sempre com muito humor.ESTEVE EM CARTAZ NA CIDADE DE CURITIBA EM MEADOS DE 1995

– Lançada a décima-sexta edição de "O Vampiro de Curitiba", de Dalton Trevisan:

O VAMPIRO DE CURITIBA
Autor: TREVISAN, DALTON
Editora: RECORD
Assunto: LITERATURA BRASILEIRA

" Rico em descrições e de concisão habilidosa, O Vampiro de Curitiba é aquele livro do qual os olhos não conseguem se desprender. O afã em saber até onde irá Nelsinho em suas taras e fantasias e em tentar identificar as nuanças do estilo de Dalton Trevisan, ora personagem, ora observador, acabam por incentivar o leitor a percorrer todos os contos de uma só vez." autora desconhecida.16ª Edição – 1995

– A cidade de New York passa a sediar os primeiros eventos vampyricos, organizados pela e através da VAL(Vampiric Access Lines) e reunir quantidades impressionantes de pessoas;[FSV]

– 29/01 /New York: Acontece o primeiro Vampyre Ball no Bank Nightclub, as atrações da noite foram os músicos Voltaire, Hideous Empire e o Dj Ian Ford; Este evento é marcado pelo encontro dos antigos [vampiros pré-cena vampyrica] e o estabelecimento de novos Covens, que futuramente se tornariam Houses. [FSV]

– 19/04 / New York: Segunda edição do Vampyre Ball, dessa vez em St Marks Place Coney Island tem como atração o primeiro show do Cruxshadows em NY[FSV]

– / New York: Primeiro encontro de Father Sebastian V e Father Vincent no evento Heaven’ n’ Hell no Vault´s Night Club; Vincent inicia o aprendizado na arte do fangsmith nesta data e Cub [da House of Lilith, de Viola Johnston] presenteia Sebastian com a primeira cópia de "Dhampyr: Childe of Blood"[FSV]

– / New York:Fundação da Sanguinarium [MB]

– / New York: Terceira edição do Vampyre Ball, acontece no famoso club Limelight, e tem como atração as bandas Empire Hideous, Vasaria, Phantasm e os djs Cry Wolf e Ian Fford e tem um público de 1500 pessoas.

– Outro interessante estudo psicológico é publicado " Vampires, Dracula an Incest" de Daniel Larpin em S. Francisco, USA;[A:.]

– /Los Angeles: Inauguração do [noir haven] Fang Club de Jack Dean Strauss, atual coordenador da www.gothicradio.com [FSV]

 
     
 

– Exibição da peça teatral Drácula e Outros Vampiros Montagem elaborada e coordenada pelo polêmico diretor e dramaturgo Brasileiro Antunes Filho esteve em cartaz no SESC consolação em 1996 na cidade de São Paulo.Esteve em cartaz no ano de 1996

– O ano de uma verdadeira satuação no mercado literário de livros sobre vampiros nos EUA;[MB]

– Ano que marcou o lançamento de alguns livros influentes na cena:[MB]
Dhampyr: Childe of Blood de Viola Johnston
Something in the Blood de Jeff Guins
Vampires: The Occult Truth de Konstatinos

– A temática sobre vampiros reais são explorados ao extremo em talks shows e programas de tv;[MB]

– Assinalado como o ano mais próspero da cena vampyrica de New York;[MB]

– Infelizmente este ano marca o desparecimento da repórter Susan Walsh; E também os assasinatos cometidos pelo entusiata Rodney Farrel;[MB]

– Setembro/ New York Inauguração do lendário MOTHER Night club, um dos mais importantes na estruturação da cena vampyrica[FSV]

-O célebre pesquisador Martim V. Ricardo publica " Liquid Dreams of Vampires";[A:.]

– Jeff Guinn e Andy Grieser publicam " Something in the Blood: The undergorund
World of Today´s vampire" no Texas, USA.[A:.]

– O vocalista do Bell, Book and Candles publica o terrível "Vampires, The ocult truth" em NY;[A:.]

– Publicado " Spiritual Vampires" por Marty Raphael, um estudo sobre vampiros psiquicos, nos EUA.[A:.]

– Publicação do livro " The Vampire in Europe" de 1929;[A:.]

-Publicação do excelente estudo psicológico "Unholy Hungers: Encoutering the psychic vampire in ourselves e others", de Barbara Hort;[A:.]

 
     
 

– O ano do boom vampírico na internet mundial;[MB]

– Ano da criação dos sites e comunidades virtuais:[MB]
Sanguinarius
Vampire-Church
Sphinxcats
Vrydolack

– Março/ New York: Criado o Noir Haven Long Black Veil e o evento Vampyre Lounge, no legendário Mother Nightclub [FSV]

– / New York:Nascimento da Court of Gotham no Outono, com reuniões todo primeiro domingo do mês no Korova Milk Bar.[FSV]

– / Nascimento do Clan Sabretooth, com Father Sebastian e Father Vincent. Inspirados por Goddes Rosemary da House Sahjaza.[FSV]

– Agosto/ New York: Lord D’Drenam forja a primeira versão do Legacy Ankh, na época conhecido como Sabretooth Ankh.[FSV]

– /Londres: Publicação de The Hex Files, the goth bible de Mick Mercer [MB] O primeiro guia de endereços para todos os continentes da subcultura góthica e ainda inclui um capitulo para o Dark Pagan, S&M e cena vampirica; [A:.]

– Estréia da série de tv Buffy, a caça vampiros [MB]

– O ano é marcado por diversos eventos de celebração ao aniversário de 100 anos da publicação de Dracula [MB]

– Agosto/ Los Angeles: 100th Anniversary of Dracula Conference; Pode ser considerado o grande catalisador da cena vampyrica mundial, devido a:[A:.] + Apresentação do Legacy Ankh (sabretooth ankh) a toda comunidade vampyrica por Darenzia, Lucyana e Father Sebastian V. [FSV]

– Outubro/New York: Katherine Ramsland se torna editora do Vampyre Alamanc produzido pela Sabretooth de Father Sebastian V; [A:.]

– Dezembro/ New York: Na confraternização de final de ano acontecida na loja da Sabretooth, Delchi é nomeado regente da corte de Gotham.[FSV]

-Sean Mancehster publica o infame " The vampire hunter Handbook";[A:.]

– Em Chicago, Jeanne Keyes Youngson, publica " Private files of a Vampirologit: cases, histories e Letters"; [A:.]

– Lançamento do estudo psicologico " Are you in love with a vampire? Healing the Relationship Drain Game!" de Helaine Z. Harris. [A:.]

 

 
     
 

– Lançamento de "Piercing the Darkness, Undervcover with vampires in today america" fruto da longa pesquisa da Dra. katherine Ramsland pela cena vampirica de todo o continente norte-americano.[MB]

– /Florida Fundação da "Court of Lightning Bay"[FSV]

– 31/10/New Orleans: Primeira edição do evento "Endless Night" produzida pela Sabretooth como alternativa ao [extinto?]Anne Ricce Coven Ball.[FSV]

– Publicação da Vampyre Almanac edição 1998-9 [com 10.000 edições pré vendidas pelo site antes do lançamento][FSV]

– Esta edição inclui a primeira versão do código de ética The Black veil para a cena vampyrica e o sanguinarium; [MB]

– Criação do Sanguinarium Ankh, uma nova versão do Sabretooth Ankh, desenvolvida pelo próprio D’ Drenam.[FSV]

– No Brasil é publicado a ficção infanto-juveníl:

QUEM TEM MEDO DE VAMPIRO?
Coleção: ROSA-DOS-VENTOS
Autor: TREVISAN, DALTON
Editora: ATICA
Assunto: INFANTO-JUVENIS – LITERATURA JUVENIL
O texto conciso de Dalton Trevisan capta com precisão os aspectos mais profundos da alma humana, levando as situações até seus extremos. Os desejos reprimidos, atos impulsivos e instintivos sobrepõem-se à racionalidade de pessoas comuns.1ª Edição – 1998

– Um lançamento interessante que delineia o vampiro psiquico e suas variações de parasitismo como problemas psicológicos e emocionais é o livro:

GERENTES, VAMPIROS & IDEOLOGIAS:
Autor: TEIXEIRA, JOSE EMIDIO
Editora: QUALITYMARK
Assunto: ADMINISTRAÇAO

O livro tem como objetivo fazer as pessoas refletirem sobre as relações entre empresas e empregados. É uma janela aberta para observar o que acontece quando pessoas assumem o papel de patrões, empregados, gerentes e sindicalistas, sem abandonar sua condição de cidadãos, pais de família ou qualquer outra que a vida lhes tenha reservado.16 x 23 cm 1ª Edição – 1998

– Outra produção brasileira deste ano foi o curtametragem Analconda Y Los Vampiros De Tiburon Analconda Y Los Vampiros De Tiburon (Caverón Cine/1998/20’ de Cesar Souza, com Edição/Música de Petter Baiestorf sob pseudônimo de Uzi Uschi);

 
     
 

– É oficializada a segunda geração de Households e Orders;[FSV]

– New York/ O clan Sabretooth realiza o Festival Endless Night em New York no Mother Night Club;[FSV]

– Cleveland, Ohio/ House Kheperu de Michelle Bellanger é formalmente reconhecida pelo The Synod;[FSV]

– House Kheperu, estabelece seu site na internet e junta-se formalmente a comunidade vampirica sob os auspicios da Sanguinarium [MB]

– É criada a " Bloodlines" como uma network alternativa a Sanguinarium e de natureza menos hierarquica; [MB]

– A série de tv Buffy a caça vampiros explode como um sucesso de audiência e leva os vampiros ficticios a televisão aberta! [MB]

– Durante o ano de 1999 teremos algumas produções interessantes e vampirescas no Brasil, a primeira delas foi o curta metragem Nocturnus (1999) segundo as informações na internet"… o elogiado curta Nocturnus (1999), dirigido por Dennison Ramalho, exibido várias vezes na TVE, onde um grupo de caçadores de vampiros é massacrado num navio abandonado, cheio de sanguessugas ambulantes. Nocturnus foi, co-produzido pela Canibal/Mabuse e Gore G.G. Efeitos, de Bortolanza e Souza, além da participação de Baiestorf e Denise V no elenco"; Outro curtametragem foi o DOMINIUM (1999) realizado pelo roqueiro e videomaker paulista Cleiner Miscceno, depois de vários curtas metragens divertidos consegue finalizar “DOMINIUM”, em 1999 uma apocalíptica visão da terra sendo dominada por mortos vivos demoníacos."[FONTE: CÉSAR "COFFIN" SOUZA]; E certamente não devemos esquecer a participação da atriz Sônia Braga como Quixtla,Rainha dos Vampiros na produção norte-americana em "From Dusk Till Dawn 3: The Hangman’s Daughter"[enviado por Shirlei Massaput]

 
     
 

– É oficializada a segunda geração de Households e Orders;[FSV]

– Los Angeles/ É criada a Order of Erebus; [FSV]

– New York/ Dissolução formal do Clan Sabretooth;[FSV]

– 29/10 New Orleans/ Festival Endless Night acontece no House of Blues.[FSV]

– Lançamento do Vampyre Almanac 2000; [FSV]

– O Black Veil publicado nesta edição passa por uma profunda revisão;[MB]

– É lançada a primeira versão do Black Veil como Vampire Codex [MB]

– A casa Kheperu sedia seu primeiro encontro Open House [MB]

 
 
 
 
 
 
NOTAS: Esta cronologia surgiu como uma curiosidade para agregar alguns dos eventos mais representativos de uma história vampírica e posteriromente a cena vampyrica; Esta é uma obra aberta em constante acréscimo de informações e fontes, será um prazer contar com a colaboração dos visitantes para a inserção de mais informações, contatos podem ser feitos exclusivamente pelos comments abaixo e o assunto deve ser preenchido como cronologia, e por gentileza citem a fonte ou autor das informações enviadas, do contrário será desconsiderado.

*** Esta é uma cronologia da utilização do termo "Vampírico" desde sua aparição ao norte da Rússia no século X, sua migração para os eslavos, suas reinterpretações e usos anacrônicos e generalizantes do século XV em diante – que virá até a Subcultura Vampyrica Contemporânea.Note que em nenhum momento existe qualquer forma de continuídade ou de sequenciamento linear entre os períodos históricos que este estudo abrange.Se você é um "Vamp" hoje em dia, você não é nenhum tipo de sequenciamento de algum habitante dos campos da Rússia do século X ou afins nos dias de hoje.Respeite a sí e aos padrões culturais da época em que vive, isso facilita consideravelmente sua vida e a de todos nós..

*Todas as informações postadas aqui provêm de fontes reais, obras literárias ou websites e são creditadas aos seus respectivos autores, a veracidade das mesmas são da responsabilidade dos respectivos autores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.