Escute o Vox Vampyrica de 14.08-Guest Dj Erik Muller Thurm + Fashionismo Vamp

Back to Blog

Escute o Vox Vampyrica de 14.08-Guest Dj Erik Muller Thurm + Fashionismo Vamp

Escute aqui no site ou faça o Download aqui!

[dcs_darkspliter parameters]

Neste Vox Vampyrica de 14.08.2013 contamos com a participação do Dj e Artista Plástico Erik Muller Thurm que lapidou um Djset com diversos clássicos e bem dançante.Na pauta cultural temos “Fashionismo Vamp: Gênero e a vestimente do Self” – inspirada na obra de Milly Wiliamson (A Sedução do Vampiro, Ed.Madras).

A transmissão é da Acidic Infektion (desde 2011). Criado pelo multimidia Lord A:.. o Vox Vampyrica começou ainda em 2006 como um podcast caseiro e pioneiro dedicado a produção cultural VAMP e ao Darkwave e vertentes, com o tempo e a crescente e fiel legião de fãs foi se profissionalizando e se tornando um programa semanal tradicionalmente transmitido nas noites de quarta no site oficial e pela webradio ACIDIC INFEKTION.
[dcs_darkspliter parameters]

SOBRE O NOSSO CONVIDADO DE HOJE:

EMTErik Muller Thurm, começou desde criança a desenhar, influenciado pelas Histórias em Quadrinhos da Marvel e DC Comics, e pelos desenhos animados que assistia na televisão. Ao mesmo tempo, sempre teve contato com as Artes Plásticas, Cinema e a Música Clássica devido às origens culturais de sua família.Ao entrar em contato com estilo de música Rock and Roll identifica-se de imediato com o movimento, seguindo naturalmente para o Heavy Metal, tendo bandas como AC/DC, Kiss e Black Sabbath como as primeiras a estender seu gosto pela música pesada; temas macabros e cultura underground. 

Quando conhece o trabalho de Bill Sienckiewicz e Dave McKean nos quadrinhos, já na adolescência, percebe que um outro mundo com novas possibilidades de técnicas na pintura e ilustração poderia ser alcançado. Nesse tempo, começa a cursar a faculdade de Artes na Universidade Estadual de Campinas (SP), e conhece a obra de Kurt Schwitters, artista alemão e um dos mestres da Collage, técnica esta que será sua maior influência e método de produção artística. Realiza então experiências em Collage e entra em contato também com os artistas da Arte Dadá, Pop Arte, como Robert Rauschenberg e Jim Dine, e da Arte Construtivista, Arte Bruta, Arte Povera e Conceitual.Participa de grupos de Metal nessa época, onde desenvolve a composição de sons e letras com as bandas.
Sempre esteve em contato com os filmes do genêro Horror (Terror) e Ficção Científica, onde podem ser citados diretores como John Carpenter, George A. Romero, Stantey Kubrick e Riddley Scott.

Na época universitária, juntamente com colegas de curso, produz um média metragem em película Super-8, sendo
de grande importância esta experiência ao que diz respeito à  execução de projetos cinematográficos, técnicas de ator e design de produto. Depois de graduar-se Bacharel em Artes, mora um tempo  na Europa, nas cidades de Londres e Berlim, conhecendo um pouco mais da cultura, do cotidiano e da vivência nesses países. Visitando os principais museus e galerias européias como TATE Modern (Londres), Ludwig Museum (Colônia) e Stedlijk Museum (Amsterdam)
pode apreciar as obras de Arte clássicas e artistas influentes e importantes da Arte Antiga e Moderna.No atual momento, desenvolve ilustrações usando os meios digitais, bem como os meios tradicionais da Pintura/Assemblage
com sucatas, e participa do cenário underground e alternativo do cinema de horror e fantástico. CONHEÇA SUAS ARTES e fale com ele no Facebook

[dcs_darkspliter parameters]

 

SOBRE O LIVRO A SEDUÇÃO DO VAMPIRO:

sv

“A Sedução do Vampiro Gênero, Ficção e Cultura de Fãs de Bram Stoker a Buffy explora o eterno mito de Drácula e dos vampiros e o porquê de esse mito ter-se mantido tão popular, por tanto tempo. Mais de cem anos depois da publicação do influente romance de Bram Stoker, o vampiro está mais presente na cultura popular do que nunca – o que pode ser observado nos filmes Drácula de Bram Stoker (1992), Entrevista com o Vampiro (1994), a trilogia Blade (1998-2004), Underworld (2003), Van Helsing (2004) e, particularmente, em Buffy A Caça-Vampiros, uma série de televisão originada de um filme, e na série Angel, que teve origem em Buffy. Milly Williamson analisa esse fenômeno, dando particular atenção às questões de gênero (tanto dos filmes, como dos fãs de vampiros), à representação moderna do vampiro e do outro, à natureza da identidade e da identificação e aos próprios fãs.” Do release oficial.Vamos agora a um breve olhar do seu conteúdo por Vampyros… CONTINUE LENDO

[dcs_darkspliter parameters]

SERVIÇO: VOX VAMPYRICA: Toda Quarta-Feira das 22h as 0h, apresentação: Lord A:. escute em www.voxvampyrica.com ou www.acidicinfektion.com e curta a fanpagewww.facebook.com/voxvampyrica

[dcs_darkspliter parameters]

Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog