Back to Blog

TOP 8: "VAMPIROS DO MAL"

[dcs_flat_tabs tab1=”Inicio” tab2=”8″ tab3=”7″ tab4=”6″ tab5=”5″ tab6=”4″ tab7=”3″ tab8=”2″ tab9=”1″ tab10=”Menção honrosa”
padding=”10px” w=”940″]
[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]
Top10

O INÍCIO…

” Haverá uma batalha entre nós e não preciso dizer que tenho muito mais sabedoria no dedo mínimo do que você no corpo inteiro”Anne Rice

As vezes temos os vampiros retratados como heróis ou anti-heróis, amantes ou almofadinhas (como no caso do rapaz coberto de glitter que brilhava ao sol). Mas como disseram esta semana em algum lugar das redes sociais “Vampiro Bom é Vampiro Mau” vamos com um Top 8 dos melhores vampiros a serem temidos de todos os tempos. Se eles invadirem o quarto de alguém no meio da madrugada, definitivamente não será apenas para ficar olhando… Esta postagem é uma versão editada daquela publicada no site IO9 – e com algumas implementações.E tem o objetivo de ser divertida e apresentar personagens vilânicos da produção cultural Vamp de diversos meios!

Agora vamos voltar no tempo ou então irmos para aquele reino distante no qual os maiores vilões se refugiavam em castelos inacessíveis – e jamais na politicagem brasileira!

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

8) Conde Orlok, Nosferatu

[dcs_darkspliter parameters]

[dcs_darkspliter parameters]

Nos cinemas o grande avô de todos os vampiros mais bestiais e temídos é sem dúvida o desfigurado Conde Orlok, estrela do clássico Nosferatu de Murnau. Sua história é meio que sugada e brícolada do romance Drácula de Bram Stocker, mas como o cineasta não conseguiu os direitos autorais…já viu, né! Seu final se dá quando a bela personagem Ellen lhe oferece seu próprio sangue e sua vida, para detê-lo até o amanhecer – quando os raios solares irão executa-lo e colocar fim a sua maldição.

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

7) Russell Edgington, True Blood

[dcs_darkspliter parameters]

[dcs_darkspliter parameters]

Um vampiro com mais de três mil anos de vida! Se ele fosse do universo ficcional de Anne Rice, certamente receberia a alcunha de “Filho dos Milênios” – mas no universo de Charlane Harris ele é uma das criaturas mais nefastas e insanas que já vimos no seriado True Blood. Seu maior feito foi matar o âncora de um jornal ao vivo com o intento de assim conturbar ainda mais as relações humanas e vampíricas – para anunciar que os vampiros iriam governar a todos os humanos com impúnidade e totalitarismo. Na sua trajetória de “Não-vida” ele já trabalhou com os nazistas como um “maximizador de mortes”. Também controla diversas alcatéias de lobisomens fornecendo doses do seu próprio sangue. Alega que suas maldades, sempre foram em nome da estética, do bom e do belo em suas próprias palavras.A seu favor, podemos dizer que foi o único vampiro casado por mais de 600 anos com um mesmo consorte.

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

6) Alucard, Hellsing

[dcs_darkspliter parameters]

[dcs_darkspliter parameters]

Alucard é o ser mais poderoso na organização Hellsing, que é encarregado de proteger a Inglaterra contra ameaças sobrenaturais. Isso significa que ele tecnicamente funciona como um herói ou no máximo um antiherói. Mas a realidade é que Alucard gosta de ver outros seres aterrorizados e de matar indiscriminadamente – e o seu trabalho lhe permite fazer isso tanto quanto queira.Ele não briga para derrotar o oponente e sim destruí-lo em todos os seus aspectos.Entre seus poderes ele pode se metamorfosear em manchas de sombra, cães negros e outras esquisitíces.Extremamente hábil nos combates e com suas pistolas automáticas platinadas se você o encontrar é melhor correr…

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

5)Skinner Sweet, American Vampire

[dcs_darkspliter parameters]
Top2
[dcs_darkspliter parameters]

Diretamente dos quadrinhos da linha Vertigo temos a criação de Scott Snyder, o primeiro vampiro da América: Skinner Sweet! Inicialmente um fora da lei na sua vida pregressa que se viu transformado em vampiro, quando o sangue de um deles caiu nos seus olhos durante uma tentativa de fuga do próprio enforcamento. Ele ficou enterrado por duas décadas e quando conseguiu sair iniciou uma vasta e irrestrita campanha de morte e crueldade para com todos os seus inimigos ou ainda quem lhe aborrecesse pelo caminho. Na sua lista de maldades, ele já injetou sangue de vampiro em um feto na barriga da mãe e se juntou a Segunda Guerra Mundial apenas por diversão. Outras vezes já foi inclusive um cafetão Vampiro.Ao seu favor vemos que neste universo ficcional ele é de uma nova raça de vampiros mais fortes, mais velozes e imúnes a limitação causada pela luz do sol.

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

4) Severen, Near Dark

[dcs_darkspliter parameters]

Near Dark Bar Scene por CreatureCorner

[dcs_darkspliter parameters]

De volta a década de oitenta (deixemos de lado Lost Boys e A Hora do Espanto) no filme de Katheryn Bigelow’s temos um bando de vampiros híbridos invadindo uma cidade do interior e preocupados em se alimentarem dos moradores. Mas para o vampiro Severen, interpretado pelo Bill Paxton – a filosofia de brincar com o jantar é algo que ele realmente leva muito a sério – desde matar todos os frequentadores de um bar por diversão a outras peculiares maldades.Definitivamente você não gostaria que ele encontrasse sua filha.

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

3) Marlowe, 30 Days of Night

[dcs_darkspliter parameters]
Top3
[dcs_darkspliter parameters]

Sabemos muito pouco sobre este vampiro. Seu principal feito é ter organizado um vasto grupo de vampiros para aterrorizarem e dizímarem todos os moradores de uma cidade do Alaska chamada Barrow – que fica semanas sem a luz do sol. Uma verdadeira orgia e matança desenfreada sem causa ou motivação aparente, exceto a implacável sede de sangue dos estranhos vampiros deste filme – que para mim estão mais para zumbís do que imortais que consomem sangue.

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

2)Kurt Barlow, Salem’s Lot

[dcs_darkspliter parameters]

[dcs_darkspliter parameters]

Kurt Barlow é um vampiro simples e com uma necessidade simples: Matar quem ele quiser! Quando ele se muda para a cidadezinha de Salem´s Lot passa a habitar uma loja de antiquário cujo a fachada é comandada por seu assistente. Quando entediado Barlow se regojiza raptando crianças, transformando garotos em vampiros para provocar o caos e ainda matando pessoas esmagando seus crânios. Não deixa de parecer uma extensão de seu criador Stephen King que adora destruir pequenas cidades do interior em seus romances. Quando em 1979 fizeram uma minisérie inspirada no livro – o personagem ganhou a aparência do clássico vampiro Nosferatu.Ao que tudo indica tanto no livro quanto no seríado ele apenas abria ou fechava a boca para beber o sangue dos inocentes.

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

1)Martin, Martin (Menção do RedeVamp)

[dcs_darkspliter parameters]
null
[dcs_darkspliter parameters]

Martin foi um vampiro (bom, não sabemos exatamente se ele era ou não era um vampiro) criado para o filme homônimo por nada mais e nada menos do que o grande cineasta George Romero – mais conhecido por seus filmes de zumbís e várias noites dos mortos vivos. Uma criatura com mais sede de humanidade do que do sangue propriamente dito e mesmo o personagem flerta ironicamente com o estereotipo do vampiro tradicional em algumas cenas. Em suma, o velho Romero gosta mesmo é de falar do maior e mais temível monstro de todos: aquele que guardamos dentro de nós mesmos

[/dcs_flat_tab]

[dcs_flat_tab]
[dcs_darkspliter parameters]

MENÇÃO HONROSA: DRACULA de Christopher Lee!

[dcs_darkspliter parameters]

[dcs_darkspliter parameters]

Talvez o maior de todos os Dráculas do cinema de todos os tempos. Antes do personagem assumir os tons de uma figura trágica ou ainda um antiherói – ele foi um matador cruel, sanguinário e que tudo aquilo que mais ansiava era desencadear o inferno na Terra. Suas vestes antiquadas (mas estilosas) e sua atitude de indiferença para com a normalidade, bem como sua poderosa sede de sangue o tornavam único. Na sua lista de maldades temos jogar um bebê para outros vampiros sedentos, formular planos malévolos de re-criar a peste bubônica em pleno anos setenta e muito mais. Sua humanidade era inexistente, havendo apenas a fúria e vontade férrea de levar a cabo seus planos malévolos.

[/dcs_flat_tab]

[/dcs_flat_tabs]

Sentiu que faltou algum personagem?Utilize os comments no rodapé da postagem e mande o seu recado – quem sabe não criemos ainda um top20 deste gênero?

[dcs_darkspliter parameters]

Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog