Back to Blog

SEMANA DE ARTE E CULTURA ALTERNATIVA

Fab ProvA cidade de São Paulo é um dos maiores polos alternativos da América do Sul e sedia um amplo e irrestrito circuito de eventos realizados em espaços públicos e privados, clubes noturnos, festivais no autódromo de Interlagos ou Campo de Marte, feiras culturais no Expo Imigrantes, galerias, teatros, livrarias, cinemas, bibliotecas, parques e muitos outros. eventos que são bancados pelos próprios artistas e seus apreciadores, que passam distantes do foco da grande mídia, quase sempre incapaz de registrar com propriedade sua importância e valor cultural no imaginário paulista. A Semana de Arte e Cultura Alternativa agora não é apenas uma ideia ou sonho, torna-se uma realidade assegurada pela nossa cidade e pela manutenção e trabalho diligente de todos envolvidos neste contexto.

[space height=”30″ ]

O alternativo dialoga com o cotidiano através de múltiplas linguagens e expressões, sendo o celeiro das vanguardas e do novo em nossa vida cultural dada a universalidade e abrangência destes conteúdos.

[space height=”30″ ]

A semana de incentivo e fomento a arte e cultura alternativa  (360/2016) é uma criação do vereador Adolfo Quintas, que desde 2012 acompanha de perto todo o trabalho da REDE VAMP na cidade. Esta lei oferece meios, recursos, espaços e suporte para a produção transmidiática de múltiplas expressões do alternativo paulista na arte, na música, no imaginário e outras criações. Algo muito especial que em linhas gerais oferece um merecido espaço  e representação cultural aos Geek, Nerd, Pagan, Rocker, Metal, Electro, Vamp, Cosplay, Medievalesco, Vitoriano, Steampunk, Gótico, retrofuturista, Pinup e etcs. Não só dos seus apreciadores e entusiastas como também da população em geral que muitas vezes não encontra tempo ou oportunidade de reconhecer a influência benéfica de tais contextos no seu cotidiano.

Toda a REDE VAMP já está compromissada com a semana da arte e da cultura alternativa, tendo realizado discretamente um vasto mapeamento de profissionais e talentos desde 2011-2012 e organizando um seleto processo de curadoria, cujo as primeiras expressões foram as edições do BAZAR REDE VAMP. Atualmente nossa plataforma celebra mais de 420 eventos já realizados em diversas vertentes como festas, shows de bandas, saraus, passeios culturais, debates e muitos outros, mais de 300 edições  do Vox Vampyrica e 10 anos de representação e pioneirismo nas transmissões digitais e incontáveis participações, apoio  incontestável e fidelígno a diversas iniciativas e produções que promovem a arte, a criatividade e o livre pensar. Conheça mais da nossa trajetória, aqui. 

PARA SE ENVOLVER E ACOMPANHAR MAIS NOVIDADES DA SEMANA DE ARTE E CULTURA ALTERNATIVA, VISITE A PÁGINA OFICIAL.

[box_title class=”” subtitle=”” subtitle_font_size=”15″ font_size=”15″ border_color=”#CDCDCD” animation_delay=”0″ font_alignment=”center” border=”middle” animate=”” ]SOBRE O VEREADOR ADOLFO QUINTAS E SEU TRABALHO:[/box_title]

[space height=”30″ ]

13263802_826481220828801_4225619847589849979_n

Lord A e Vereador Adolfo Quintas na celebração do World Goth Day no Bazar Rede Vamp 2016

Conheci o vereador Adolfo Quintas pessoalmente no mês de agosto de 2012 através da sua assessora Bárbara Souza que há algum tempo me falava sobre a importância do trabalho que realizamos e que o vereador queria entender melhor tudo aquilo. Como eu não era da área da política ou do setor público, achei um convite diferente – e fui lá mostrar o que estávamos desenvolvendo até então. Foram algumas reuniões bem animadas e marcadas pela simpatia do vereador, politico ficha-limpa e com mais de 200 leis aprovadas nos quase 20 anos de atividade!

Cada encontro era marcado por perguntas precisas e claras de alguém e de uma equipe ávida em saber mais sobre nosso contexto, algo que até então era desconhecido naquelas esferas – mas culturalmente belo, relevante e peculiar. As conversas foram se intensificando com o passar dos meses. Sendo um processo de descobertas positivas para ambos os lados, embora a estética e linguagens fossem diferenciadas (e até mesmo chocantes em alguns casos), falávamos de vivências comuns a todos humanos expressas através da arte. E foi isso que marcou os vínculos desta relação.

[space height=”30″ ]

10590454_767843519947160_3545825186663220491_nEm 2014 o vereador fez questão de comparecer ao lançamento do meu livro MISTÉRIOS VAMPYRICOS: A ARTE DO VAMPYRISMO CONTEMPORÂNEO na Bienal do Livro no stand da Madras Editora, onde pode conhecer e conversar com muitos apreciadores, comerciantes e empresários do cenário alternativo e da produção cultural fantástica do Brasil. E foi um encontro que deixou boas lembranças e ideias. Havia arte, beleza, produção cultural e artistas desenvolvendo e gerando conteúdo e um contexto bastante amplo ao seu redor. E o município deveria fazer algo que assegurasse pertencimento e desenvolvimento para tais moradores – mas como prosseguir? Era ainda um território novo para os dois lados.

[space height=”30″ ]

12009638_973257036072473_7454953360306333327_nNo ano de 2015 junto da assessora Bárbara Souza e dos profissionais do seu gabinete, desenvolvemos eventos como o PRIMEIRO DEBATE DO TRABALHADOR ESOTÉRICO. Foi bem ali durante minha apresentação que respeitosamente conseguimos emoldurar em audiência na Câmara Municipal de São Paulo (PELA PRIMEIRA VEZ!) um panorama claro dos aspectos da realidade da arte e do contexto dos cidadãos, criadores de conteúdo, apreciadores, profissionais, comerciantes e empresários do contexto alternativo (este conteúdo foi registrado em video, pode ser assistido aqui) e acredito que bem naquele momento despontou o primeiro movimento para nascer algo que se tornaria uma lei que assegurasse uma data ou algo que pudesse fornecer fomento e incentivo a arte e cultura alternativa na cidade de São Paulo.

[space height=”30″ ]

Perante meu olhar e vivência, todo este processo que culminou na geração da SEMANA DA ARTE E DA CULTURA ALTERNATIVA através do trabalho do vereador Adolfo Quintas, decorreu durante alguns anos, inexistindo frivolidade de qualquer tipo. Ele sempre demonstrou interesse genuíno que foi ganhando consistência e sendo abraçado por um representante eleito que veio a frente para conhecer e ver de perto todo nosso contexto e com o desejo honesto e transparente de através das leis e políticas do município corresponder as expectativas de todos nós que moramos e trabalhamos a sério com isso por aqui – convictos e compromissados com a arte e na geração de bons encontros entre afins e apreciadores destes contextos. Este é o meu relato, eu sou Lord A:.

[space height=”30″ ]

Neste domingo 2 de Outubro o vereador Adolfo Quintas é candidato novamente e seu número é 55555 – ele ganha meu voto  e indico ele a todos amigos e amigas, leitores e toda audiência do meu trabalho no alternativo em todas suas vertentes. Acredito e confio em quem trabalha, mostra resultado e principalmente que luta contra a glamourização da ignorância na minha cidade. Quem quiser ler mais sobre ele, seu trabalho e tudo que já fez nestas duas décadas de atividade visitem o SITE OFICIAL DELE.

Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog