Back to Blog

MIRZA, A MULHER VAMPIRO

Mirza, a mulher vampiro da segunda metade dos anos sessenta.´HQs;”Mirza, a Mulher Vampiro é um personagem brasileiro de histórias em quadrinho (ou Banda Desenhada em Portugal) criada por Eugênio Colonnese em 1967. Suas histórias pertencem ao gênero horror, que estava em voga durante a década de 60 no Brasil.A principal marca das histórias de Mirza é sua sensualidade, ousada em comparação com os padrões de sua época, talvez herança dos fumetti italianos (terra natal do autor). Nos anos 60 a linha divisória entre quadrinhos adultos e infantis era mais tênue, e não existiam projetos como o selo Vertigo ou Marvel Max. (Os quadrinhos americanos ainda estavam atrelados ao então rígido Comics Code Authority).

Mirela Zamanova é a sétima filha de um nobre polonês cuja linhagem foi amaldiçoada. Durante um incidente no qual quase foi estuprada pelo namorado da irmã, a maldição de sua família a transformou em uma vampira. Após a transformação adotou o nome de Mirza e passou a errar pelas grandes metrópoles do mundo, onde constantemente esbarrava com outros seres sobrenaturais, tanto hostis quanto amigáveis. Quando lhe convém se passa por modelo profissional e é sempre auxiliada por seu criado corcunda Brooks.”

Criada em 1967 por Eugênio Colonnese, um dos mestres pioneiros da HQ nacional, Mirza é a personagem feminina mais conhecida do terror brasileiro. Inspirada na internacional Vampirella, a vampira brasileira povoou o imaginário de várias gerações de leitores, já que foi publicada em momentos distintos das décadas de 60, 70 e 80. O verdadeiro nome de Mirza era Mirela Zamanova, uma condessa exuberante que se tornou um ícone não só do terror como também do erotismo nos quadrinhos. Suas aventuras se davam nos ambientes glamurosos das passarelas da alta moda e nas festas da elite brasileira, já que Mirza ganhava a vida como modelo internacional, sempre vestida (ou despida, é claro!) em trajes provocantes e muito muito sensuais… Em seu reinado de terror, Mirza visitou as maiores cidades do mundo, procurando suas vítimas indiscriminadamente entre homens e mulheres, e deixando uma verdadeira legião de “órfãos”, candidatos eternos aos voluptuosos caninos da vampira.

Foi lançada em abril de 2008 pela Mythos Editora uma edição comemorativa dos 40 anos da personagem, entitulada Mirza, A Mulher-Vampiro. A edição traz duas histórias inéditas da personagem: “O Castelo do Terror” e “Assunto Entre Vampiros”. Preço: R$19,90. Disponível em algumas bancas, em comics shops ou através do site da editora.
Mirza CRIADA POR Eugênio Colonesse (1967)

[colaborou neste verbete Ricardo Delfim]

Facebook Comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog